Amazon deve investir US$ 800 milhões em data center na Argentina

Por Claudio Yuge | 03 de Outubro de 2019 às 23h10
amazon
Tudo sobre

Amazon

Saiba tudo sobre Amazon

Ver mais

A Amazon vem expandindo sua infraestrutura na América Latina e, segundo fonte da Bloomberg, pretende dar um grande passo muito em breve, com a implantação de um data center nos distritos de Bahia Blanca e Coronel Rosales, em Buenos Aires, na Argentina. O investimento deve ser de US$ 800 milhões.

O governo dos hermanos vem tentando diversificar sua economia, com serviços digitais, nanotecnologia, setor aeroespacial, entre outras frentes. Desde o início do ano, o congresso nacional aprovou por unanimidade uma lei que cria incentivo para as gigantes da tecnologia estabeleceram bases por lá.

E pode dar certo, pois a Amazon deve se beneficiar da nova Lei da Economia do Conhecimento, com incentivos à exportação. A redução no imposto de renda de 35% a 15% e baixa bastante os custos trabalhistas. Além disso, ao se instalar na zona de livre comércio, a rede varejista não pagará impostos nacionais ou provinciais sobre o consumo de energia — um benefício generoso para um data center.

A Amazon, por enquanto, não fala sobre o assunto. O projeto não estaria em seu estágio final e ainda pode ser alterado.

Expansão do Amazon Web Services na América Latina

(Imagem: Divulgação/Amazon)

O Amazon Web Services (AWS), a frente mais rentável da empresa, vem expandindo sua infraestrutura em todo o mundo para manter uma vantagem sobre rivais como a Microsoft e o Google. As vendas de serviços e software de computação em nuvem devem totalizar US$ 214,3 bilhões em 2019, um aumento de 17,5% em relação ao ano anterior, segundo o Gartner.

A proximidade de um data center da Amazon deve ajudar as empresas a reduzir custos e melhorar a velocidade dos dados, em comparação com a dependência de sites fora do país. A Argentina abriga várias lojas online de roupas e o maior grupo do país, a varejista de comércio eletrônico MercadoLibre, usa o AWS para hospedar suas plataformas.

Fonte: Bloomberg  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.