Parceria entre Ironhack e Provi promove financiamento de cursos com taxa zero

Por Nathan Vieira | 21 de Agosto de 2019 às 09h19
Ironhack

Nesta terça-feira (20), a escola de tecnologia e programação Ironhack anunciou uma parceria com a Provi (fintech que oferece financiamento estudantil para brasileiros interessados em seguir carreira na área da tecnologia) que permitirá aos alunos financiarem seus estudos em 12 vezes sem juros. Caso precise de mais tempo para pagar pelos cursos, os estudantes podem optar por planos de 18 ou 24 meses, com incidência de juros baixos.

Caso o interessado em um dos cursos da Ironhack queira solicitar o financiamento, é preciso fazer o seguinte: primeiro, baixar o aplicativo da Provi, que está disponível tanto para iOS quanto para Android. O próximo passo é preencher um formulário, informando dados pessoais e falando sobre a sua história e sobre o porquê do interesse no curso em questão. Depois disso, o candidato deve aguardar até dois dias para que seja feita a análise. No site da fintech, é possível obter mais informações sobre o financiamento.

A análise do candidato consiste não só em seu passado financeiro, como também em todo o engajamento com o processo, tal como o potencial técnico. A startup ainda aponta que avalia o "nível de comprometimento para transformação de seu futuro".

Executivos das empresas estão empolgados com a parceria (Foto: divulgação/Ironhack)

Sobre a parceria entre as duas empresas, o general manager da Ironhack, Tiago Mesquita, declara: “Sem dúvida, a iniciativa vai proporcionar que mais brasileiros atinjam o objetivo de realizar um curso imersivo, focado nas necessidades do mercado de trabalho e que reúne totais condições de empregá-lo a curto e médio prazo. Como os bootcamps da escola possuem alta taxa de empregabilidade, os formandos têm possibilidades de quitar o financiamento até mesmo de forma antecipada”.

Por sua vez, Fernando Franco, CEO da Provi, acrescenta: “O nosso propósito é ajudar cada vez mais brasileiros em sua ascensão profissional, especialmente na área de tecnologia onde faltam talentos para ocupar todas as vagas existentes atualmente no mercado”.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.