Polícia dos EUA treina cães para farejarem dispositivos eletrônicos

Por Natalie Rosa | 11 de Junho de 2018 às 13h17
photo_camera 9to5Mac

Investigadores norte-americanos criaram uma nova forma de encontrar dispositivos perdidos ou escondidos: cães farejadores eletrônicos. A medida vem sendo desenvolvida com a ajuda de cães reais que farejam aparelhos eletrônicos, envolvendo não só smartphones, como também discos rígidos e cartões microSD.

Segundo oficiais do departamento de crimes informáticos de Connecticut, nos Estados Unidos, foi feita uma pesquisa na escola de polícia K-9, a mais antiga do país, indagando se cachorros poderiam farejar pendrives. Para descobrir a resposta, o químico do laboratório de ciência forense de Connecticut, Jack Hubball, encomendou pendrives, cartões SD e discos rígidos de várias fabricantes.

O profissional descobriu que todos os dispositivos de memória utilizam um composto químico chamado óxido de trifenilfosfina, também conhecido como TPPO. Então, com essa substância em comum isolada, os treinadores já podiam começar a treinar os cães.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Batizados de Electronic Sniffing Dogs (ESD), ou cães farejadores de eletrônicos, o programa foi matido em segredo por vários anos e já cumpriu alguns objetivos com sucesso. Um dos casos mais famosos aconteceu em 2015, quando um labrador chamado Bear encontrou um pendrive com conteúdo de pornografia infantil pertencente a Jared Fogle, que costumava trabalhar como porta-voz da rede de restaurantes Subway.

Fonte: 9to5MacCnet

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.