Conheça os cabos submarinos que transportam a Internet entre os continentes

Por Redação | 19 de Agosto de 2013 às 10h30

A Internet chega até todos nós graças a milhares de quilômetros de cabos físicos e, naturalmente, muitos deles precisam atravessar os mares a fim de conectar todos os cantos do planeta. Mas a 'vida' desses cabos submarinos não é fácil, afinal eles lidam com condições bem complicadas, incluindo a água salgada de alta pressão, mudanças geológicas e grandes chances de serem cortados por criminosos.

Para suportar tudo isso e ainda manter um link de comunicação sem interferências, é necessário que alguns elementos entrem em ação, como um monte de aço, muito polímero e blindagem de cobre. Em meio a tudo isso, ainda é preciso sobrar um espacinho para algumas preciosas fibras de vidro que carregam os dados debaixo d'água.

Se você não tem a mínima ideia de como é um cabo submarino desse tipo, uma imagem divulgada pelo FOP News (acima) pode ajudar. Ela ilustrou a notícia de que o rompimento de um desses cabos fez com que a largura de banda de um país inteiro caísse instantaneamente.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Mas onde exatamente eles estão?

Descobrir exatamente o caminho de todos eles é mais fácil do que você imagina, pois a TeleGeography atualizou recentemente seu mapa interativo com os principais sistemas de cabos submarinos do mundo. A página mostra os inúmeros tentáculos de Internet que foram colocados no fundo do oceano ao longo da última década e meia. O mapa é impressionante, mas um pouco lento para carregar.

Mapa dos cabos de fibra ótica submarinos
Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.