NFT da primeira edição da Wikipedia vai a leilão

NFT da primeira edição da Wikipedia vai a leilão

Por Alveni Lisboa | Editado por Douglas Ciriaco | 03 de Dezembro de 2021 às 16h19
Reprodução/Wikipedia

A Christie's, maior casa de leilões do mundo, vai leiloar a primeira edição da Wikipedia em formato de NFT, versão inicial do site colocada no ar há mais de 20 anos pelo fundador da enciclopédia colaborativa, Jimmy Wales. O texto primordial inclui o famoso trecho "Hello, World!", que também estampa os posts iniciais de todos os blogs criados no Wordpress como padrão.

O leilão já está em andamento e segue aberto até o dia 15 de dezembro. Além do NFT da Wikipedia, o computador iMac que Wales usou enquanto trabalhava no site também foi posto à venda. Será possível navegar nos arquivos originais do site e até editá-los, embora seja pouco provável porque a obra perderia o valor.

A página original da Wikipedia será vendida como um NFT (Imagem: Reprodução/Christie's)

Uma parte quantia arrecadada com a venda será destinada a financiar o projeto WT.Social, uma rede social independente que se vende como uma alternativa saudável e não tóxica. Diferentemente das plataformas existentes, ela não tem publicidade e se mantém apenas com um modelo de doação de recursos.

O restante do valor será destinado para várias instituições de caridade, segundo o comunicado publicado no site de leilões. Esta pode ser a chance de um comprador endinheirado pegar para si um pedaço original da história da internet e ainda ajudar duas causas nobres. Por enquanto, a maior oferta foi de US$ 600 no NFT e US$ 100 no iMac, mas é provável que esses valores sejam multiplicados muitas e muitas vezes até o término do leilão.

Este iMac usado para criar a Wikipedia também pode ser comprado (Imagem: Reprodução/Christie's)

Leilões de NFTs em alta

Tokens não fungíveis (NFTs) conferem a autenticidade e propriedade de um ativo digital ao seu portador, como músicas, artes, personagens de jogos e qualquer outra coisa que possa ser empacotada em um arquivo digital. Nem mesmo a Christie's, considerada uma casa de leilões tradicionais, conseguiu resistir aos encantos dos NFTs e hoje lá é responsável por transações imensas no mundo digital.

No começo de novembro, uma escultura virtual do artista Beeple foi vendida por R$ 156 milhões. Cerca de uma semana depois, um terreno virtual no mundo online Decentraland foi vendido por um valor equivalente a US$ 2,4 milhões (R$ 13 milhões). O assunto está tão em alta que até o famoso dicionário inglês Collins escolheu o termo NFT como a palavra do ano em 2021.

Fonte: Christie's  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.