Maduro ordena que banco estatal permita venda da criptomoeda 'El Petro' ao povo

Por Felipe Ribeiro | 08 de Julho de 2019 às 16h32
Ministério da Economia da Venezuela

Em mais uma das tentativas de amenizar a crise politico-econômica pela qual seu país enfrenta, o presidente Nicolás Maduro ordenou que todas as filiais do Banco de Venezuela devem permitir que os cidadãos comprem e comercializem a El Petro, a criptomoeda estatal.

"Eu ordeno que todas as agências do Banco de Venezuela abram mesas de câmbio para que todos possam negociar com o El Petro e começar a usá-lo", disse Maduro na quarta-feira. “Este é o novo mundo onde podemos dar o exemplo. Nós podemos fazer isso da Venezuela. O mundo está nos observando", complementou.

Como é de praxe no discurso do governante, Maduro culpou as sanções impostas pelo governo dos Estados Unidos, que vigoram desde 2015, quando o então presidente americano, Barack Obama, por meio de decreto, declarou que o país era uma "uma ameaça à segurança dos EUA". "Criptomoedas devem ser democratizadas contra um pano de fundo de sanções econômicas, bloqueio e perseguição financeira", disse Maduro.

Participe do nosso Grupo de Cupons e Descontos no Whatsapp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Ele insistiu que a El Petro deve ser adotada pelo sistema bancário público do país e pelo setor bancário privado nacional. Em setembro do ano passado, Maduro apareceu em um dos canais de televisão pertencentes ao Governo para revelar que a criptomoeda seria usada em transações internacionais a partir de 1º de outubro do mesmo ano, mas tentativa não foi bem aceita pelo mercado, mesmo com toda a pressão do mandatário. Ele alegou, inclusive, que a El Petro poderia ser a segunda moeda oficial da Venezuela, ao lado do Bolívar.

A última tentativa de Maduro vem dias depois de Cuba, um dos países aliados da Venezuela, ter dito que está considerando o uso de criptomoedas para impulsionar sua economia.

Fonte: TheNextWeb

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.