Bitcoin cai US$ 3 mil em apenas um dia, após forte alta com anúncio do Libra

Por Wagner Wakka | 28 de Junho de 2019 às 10h37
DepositPhotos

Esta semana ajudou mais uma vez a lembrar o mercado como o bitcoin é uma criptomoeda volátil. Ela começou a semana em alta, após o anúncio de que o Facebook está entrando neste setor com o libra. Após dois bons dias de muita alta, a criptomoeda simplesmente despencou US$ 3 mil (perto de R$ 11,5 mil) em apenas 24 horas.

Na segunda-feira (26), a principal notícia do mercado era de que o bitcoin tinha voltado ao patamar de US$ 10 mil, preço que não era alcançado desde março de 2018. Os ânimos seguiram em alta até, pelo menos, esta quinta-feira (27), quando a criptomoeda bateu a marca de US$ 13,4 mil.

O ponto é que, após o fechamento do mercado nos Estados Unidos, o bitcoin voltou a ter uma forte queda, sendo negociado novamente na casa dos US$ 10 mil. Ou seja, queda de US$ 3 mil em menos de 24 horas.

Variação do preço do bitcoin em uma semana (Foto: CoinMarketCap)

O motivo seria a alta busca pela moeda, quando investidores apostaram na manutenção da alta do bitcoin. O aumento da demanda derrubou o preço, sendo que sites como Coinbase anunciaram que caíram por um período curto de tempo diante de tamanha procura.

Apesar da grande queda, a moeda ainda segue em alta no ano, segurando a marca acima dos US$ 10 mil. Nesta sexta-feira (28), as negociações giram em torno de US$ 11 mil.

O bitcoin não alcançava o patamar de US$ 13 mil desde janeiro de 2018. Aliás, aquele foi o ano de decadência da moeda, que viu uma amarga variação de US$ 20 mil para perto de US$ 5 mil no final do ano.

A expectativa de analistas, agora, é de que a moeda se mantenha entre US$ 10 mil e US$ 14 mil durante o restante de 2019.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.