Xbox Series X pode custar menos do que o PlayStation 5 no lançamento

Por Felipe Ribeiro | 11 de Maio de 2020 às 11h17
Divulgação/ Microsoft
Tudo sobre

Saiba tudo sobre Xbox Series X

Ficha técnica

Além dos games e especificações técnicas, a batalha dos consoles vai ganhar mais um ingrediente em breve: o preço no lançamento. Por serem sabidamente hardwares mais avançados e com custo de produção elevado, o mercado e os jogadores esperam que tanto o Xbox Series X quanto o PlayStation 5 custem os olhos da cara. E já existem algumas previsões quanto cada um vai custar: segundo rumores, podemos ser surpreendidos com o console da Microsoft custando menos que o da Sony.

Em um podcast realizado pelo jornalista Geoff Keighley, Michael Pachter, analista da Wedbush Securities, e Peter Moore, ex-executivo da EA e da Microsoft, acreditam que a empresa de Bill Gates continue sua estratégia agressiva para o lançamento do Xbox Series X. Para Pachter, a Microsoft vai esperar até o último momento para revelar por quanto deve lançar o Xbox Series X, sugerindo que a empresa deve posicionar o preço do console abaixo do PlayStation 5. A explicação, segundo ele, é que a gigante de Redmond está com seus balancetes financeiros em dia, mesmo com a crise do novo coronavírus (Sars-CoV-2), e isso pode facilitar para que os primeiros 10 milhões de consoles sejam subsidiados.

"Pelo que vi, a Sony terá de cobrar US$ 500 pelo PS5 e a Microsoft tem um grande balanço. Se eles quiserem reduzir o preço em US$ 100 com relação ao Playstation e subsidiar os primeiros 10 milhões de consoles, eles o farão. Então, acho que eles estão esperando que a Sony revele o preço primeiro e depois façam o mesmo, fatalmente algo em torno de US$ 400", avalia Pachter.

Moore concordou com Pachter e avaliou que o que se passa na cabeça dos executivos das empresas agora é justamente o quanto elas terão que subsidiar seus respectivos consoles. Para ele, essa é uma tarefa muito mais fácil para a Microsoft, que está "voando" economicamente. "Michael está certo; o que as duas empresas estão se perguntando agora é 'quanto podemos perder nos primeiros 12 a 18 meses?', 'Qual é a nossa taxa de anexação de software ao hardware?', 'O que estamos dispostos a fazer no ano um, dois e três para atingir 10 milhões de unidades vendidas?'. A Microsoft conta com um bom histórico econômico e suas ações estão nas alturas, eles estão voando", disse Moore.

O DualSense, controle do PS5/ Imagem: Sony

É bom lembrar, também, que devemos ter um outro Xbox juntamente como Series X, uma versão de entrada, sem leitor de CD e com hardware mais modesto, o que, certamente, deve ajudar a Microsoft no volume de vendas, sobretudo em mercados emergentes, e precificar o console mais potente de modo a "prejudicar" o concorrente. Todos esses rumores e análises ficam ainda mais interessantes se levarmos em conta que há uma diferença de poderio a ser considerada entre o console da Microsoft e o da Sony.

O Xbox Series X e o PlayStation 5 devem ser lançados ainda este ano.

Fonte: VG247

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.