Xbox Series X não terá atrasos por jogo algum, promete Phil Spencer

Por Rafael Arbulu | 03 de Abril de 2020 às 08h45
Captura/YouTube
Tudo sobre

Saiba tudo sobre Xbox Series X

Ficha técnica

O chefe da divisão Xbox na Microsoft, Phil Spencer, concedeu entrevista ao IGN nos Estados Unidos e assegurou que a empresa não trabalha com a possibilidade de adiar o lançamento do Xbox Series X em virtude da disponibilidade de nenhum jogo, nem mesmo Halo: Infinite.

A afirmação do executivo vem em meio a rumores de que o console poderia chegar mais tarde do que o previsto devido ao SARS-CoV-2, o novo coronavírus, que forçou a população mundial a trabalhar em caráter remoto — inclusive os desenvolvedores de Infinite — e, consequentemente, rever os prazos de certos produtos. No caso do Xbox Series X, porém, isso não deve acontecer.

"Eu penso que, se tudo está no lugar certo para o software, os serviços e o hardware, não acho que iríamos nos segurar por nenhum jogo em particular”, disse Spencer. “Evidentemente, o jogo na mente de todos agora é Halo, que é tão icônico com os nossos lançamentos. [Mas] Bonnie [Ross, chefe de desenvolvimento dos estúdios 343, que cuidam de Halo: Infinite] e o resto da equipe estão fazendo um trabalho muito bom em Halo: Infinite neste momento”.

“Eles estão aprendendo conforme trabalham assim como todos nós. Eu acho que seguiremos com os olhos bem abertos para o que estamos tentando realizar, mas não penso que seguraríamos o lançamento da plataforma inteira por causa de um jogo específico”, continuou Spencer. “Eu acho que teremos que ser bem transparentes com as pessoas sobre onde estamos agora e para onde estamos caminhando”.

A notícia serve para acalmar os ânimos dos fãs da linha de consoles Xbox: desde o início da pandemia, rumores circulavam pelos bastidores dando conta de que a chegada do Xbox Series X, prevista para novembro ou dezembro de 2020, estaria comprometida. Entretanto, com o mercado chinês já retomando a maior parte de suas linhas de produção, Spencer tratou de dissuadir esse temores.

Criando um console em home office

Em vez disso, Spencer elucidou um outro problema que a Microsoft vem enfrentando: como criar um console totalmente novo trabalhando de casa?

“No que tange à plataforma, eu comentei publicamente que estava com o meu Xbox Series X em casa, o qual estou usando para testes. E mesmo me divertindo bastante enquanto faço isso, esse período com o console é importante e todos nós queremos assegurar que temos o tempo certo disponível para testar toda a tecnologia da plataforma que estamos implementando. Então tivemos que mover muito dos testes para as casas”, ele contou. "Eu diria que, agora, as coisas não estão muito fáceis".

Phil Spencer também disse que a Microsoft, no presente momento, não tem um “Plano B”, novamente afirmando que a empresa sequer considera um cenário onde suas previsões não se concretizem: “Eu posso sentir que os times estão dando o máximo. Nós não temos nada neste momento que indique que não vamos cumprir as datas que estamos planejando. Mas isso é um projeto em tempo real e eu vou sempre colocar a segurança e bem-estar das equipes em primeiro lugar”.

Phil Spencer, chefe da divisão Xbox da Microsoft: "eu vou sempre colocar a segurança e bem-estar das equipes em primeiro lugar"

Apreço pelo concorrente

Questionado pelo IGN sobre o seu principal concorrente, Spencer reafirmou a sua fé no Xbox Series X como o principal aparelho da próxima geração, mas não deixou de tecer elogios à Sony, que recentemente revelou detalhes sobre o PlayStation 5, cuja previsão de lançamento é a mesma do novo console da Microsoft.

“Nós e a Sony estamos lidando com isso tudo com as nossas respectivas formas”, Spencer comentou. “Eu me sinto muito bem com a forma pela qual o Xbox Series X vem se alinhando. Eu acho que Mark [Cerny, chefe do desenvolvimento da arquitetura de hardware do PlayStation 5] e sua equipe estão fazendo um ótimo trabalho no processamento de áudio, como eles vêm falando, e a tecnologia de SSD deles é impressionante”, elogiou o executivo, mas sem perder o foco em seu próprio console. “Quando nós vimos a divulgação destes detalhes, eu me senti ainda mais confortável em relação às escolhas que fizemos para a nossa própria plataforma”.

Vale ressaltar que a Sony vem sendo alvo dos mesmos rumores: o PlayStation 5 também deve chegar ao mercado até dezembro de 2020 e, embora a comunicação do console da empresa japonesa ainda deixe muitas dúvidas (a Sony sequer entrou no mérito dos jogos de lançamento ou mesmo revelou o visual do aparelho, por exemplo), um porta-voz da área de Relações Públicas da empresa já confirmou que o novo coronavírus não causará nenhum atraso em seu lançamento.

O PlayStation 5 será o principal concorrente da Microsoft na próxima geração, e Phil Spencer não deixou de tecer elogios sobre a capacidade de hardware apresentada pelo novo console da Sony

Amigo do bolso

Finalmente, a entrevista com o IGN chegou a um ponto de interesse público: o preço e os jogos. Neste ponto, Spencer pareceu mais enfático ao tentar dissuadir temores de um valor exagerado de compra ou de disponibilidade baixa de jogos no lançamento do Xbox Series X. O executivo confessa que “se sente muito bem” em relação ao preço que o console deve ter quando chegar ao mercado, adicionando que os lançamentos dos jogos serão mais espaçados.

“Pelo ritmo atual da plataforma, não será algo voltado a apenas um dia, mas sim uma corrente sustentável de grandes jogos vindos de nossos parceiros — tanto de estúdios próprios como de terceiros”, contou Spencer. “Não ajudaria ninguém termos oito jogos lançados em um dia, acho melhor distribuir isso”.

Spencer adiantou, porém, que não veremos nenhuma informação sobre outros jogos do Xbox Series X tão cedo. A pandemia global da COVID-19 forçou a ESA a cancelar a E3 2020 — o maior evento da indústria de jogos —, então a Microsoft está trabalhando em seu próprio evento de revelação de novas informações. Entretanto, ninguém sabe quando ou em qual formato isso deve acontecer.

Fonte: IGN (YouTube)

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.