Entenda como funciona o skate voador da Lexus

Por Redação | 05.08.2015 às 09:59 - atualizado em 05.08.2015 às 16:51

Há alguns dias, falamos da previsão de lançamento do protótipo Lexus Slide, o hoverboard da montadora de luxo japonesa, para esta quarta-feira (05). O skate voador faz parte do imaginário dos fãs de De Volta Para o Futuro 2 desde 1989, quando Marty McFly viajou para o ano de 2015 e utilizou um incrível skate voador, que se tornou sonho de consumo de toda uma geração. Agora, a montadora explica como o invento funciona.

O skate utiliza levitação magnética, ou maglev, para conseguir se movimentar sem necessidade de fricção, na qual condutores de nitrogênio líquido resfriado funcionam em combinação com uma superfície magnética para repelir a gravidade. Apesar da tecnologia maglev não ser exatamente uma novidade, é a primeira vez que é utilizada em uma prancha de locomoção como Slide, que foi criado em parceria com a alemã Evico.

Lexus Slide

Reprodução: Lexus

No vídeo promocional liberado pela empresa às vésperas do lançamento, David Nordstrom, diretor geral de marketing da Lexus International em Tóquio, conta que o skate "essencialmente flutua no ar". "Uma prancha convencional de skate conta com resistência. Até mesmo uma prancha de surfe precisa da resistência da água para se locomover. Mas se você já tentou se equilibrar em uma prancha no chão ou na água sem nenhum tipo de movimento, já sabe como é estar em cima de um Slide", explica o executivo. Confira:

Mas para nos sentirmos como o personagem interpretado por Michael J. Fox deslizando por aí em uma prancha voadora ainda tem muito chão pela frente. Apesar da Lexus e da Evico obterem sucesso na execução do projeto, não é provável que o skate "mágico" seja visto nas ruas nos próximos anos, pois, para que a tecnologia maglev funcione, é preciso que a pista abaixo do aparelho seja magnética. E, obviamente, nossas ruas e calçadas não o são.

Lexus Slide pista

Pista localizada em Barcelona, na Espanha, onde foi gravado o vídeo promocional do Lexus Slide (Reprodução: Lexus)

Para colocar o Slide em funcionamento (e aproveitar a ocasião para lançar aquela campanha de marketing esperta), a fabricante transformou uma pista de skate de Barcelona em uma pista temporária para o hoverboard, inserindo centenas de pequenos ímãs em seu piso. O projeto levou cerca de 18 meses para ser concluído e quase foi por água abaixo várias vezes, de acordo com Yolande Waldock, que lidera a equipe de marketing da Lexus International.

Apesar disso, o sucesso se deu, também, graças ao envolvimento do skatista profissional Ross McGouran, que conseguiu realizar manobras incríveis usando o novo skate. O profissional precisou praticamente reaprender a como andar de skate, já que flutuar no ar é bem diferente de deslizar em um piso, mas McGouran conseguiu girar, voar por cima de uma rampa e até pular por um carro Lexus. "Você sente como se estivesse vendo um truque de mágica", conta.

Lexus Slide e Ross McGouran

Ross McGouran saltando com o Slide sobre um carro de luxo da montadora (Reprodução: Lexus)

Além da necessidade de uma pista especial, outro balde de água fria é o preço do produto, pois a Lexus ainda sequer tem uma projeção de quanto custaria colocá-lo em produção comercial - ou seja, muito caro. Infelizmente, pessoas usando skates voadores para se locomover pelas ruas da cidade será uma realidade somente no 2015 do filme mesmo.