Rumor | Google Meet sairá do G Suite para concorrer com Zoom

Por Stephanie Kohn | 09 de Abril de 2020 às 17h15
Tudo sobre

Google

Saiba tudo sobre Google

Ver mais

O Google anunciou em meados de março que iria oferecer acesso gratuito a recursos avançados do Google Meet a mais usuários do G Suite até o dia 1º de julho. Isso significa que as pessoas podem realizar reuniões com até 250 participantes, transmitir ao vivo para até 100 mil espectadores em um único domínio, e gravar e salvar reuniões no Google Drive sem pagar nada por isso. Normalmente, a gigante de Mountain View cobra R$ 112 por mês para que oferecer acesso a todas essas ferramentas - já que fazem parte da plataforma Enterprise do G Suite.

Agora, uma fonte interna do Google confirmou com exclusividade ao Canaltech que o Google Meet passará a ser disponibilizado de forma independente da plataforma G Suite para concorrer com serviços como o Zoom. Assim, qualquer pessoa - mesmo sem Gmail ou conta no G Suite - poderá criar reuniões virtuais. A fonte ainda informou que na versão gratuita haverá restrições de quantidade de participantes e limitações de recursos, e a versão paga será igual ao que é oferecido hoje apenas aos clientes Enterprise do G Suite.

"O que fizeram em março foi oferecer para os clientes pagos do G Suite, nas versões Basic e Business, funcionalidades do Enterprise, permitindo gravação e aumentando a capacidade de 100 para até 250 pessoas. Agora o Meet será independente e qualquer pessoa poderá criar reuniões com restrições de acesso na versão gratuita e recursos avançados numa versão paga", explicou o Googler ao Canaltech.

A principal diferença é que com o Google Meet fora do G Suite será possível assiná-lo de forma independente, sem precisar pagar por toda plataforma. E, como foi dito anteriormente, pessoas com qualquer serviço de email poderão ter acesso aos recursos - assim como acontece com o Zoom. Segundo a fonte, a novidade deve ser anunciada no fim do mês.

“Conforme mais profissionais, professores e estudantes trabalham remotamente em resposta ao surto de COVID-19, o G Suite está fazendo a sua parte para ajudá-los a se manterem conectados e produtivos. O Hangouts Meet, produto de videoconferência do G Suite, já ajudou milhões de estudantes e profissionais a continuar a trabalhar e estudar de casa, de forma segura e confiável. Nós queremos ajudar pessoas em todos os lugares a continuarem conectadas por meio do Google Meet e teremos mais detalhes para compartilhar nas próximas semanas", afirmou o porta-voz do Google Cloud ao Canaltech.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.