Google Cloud cresce 330% no Brasil em um ano

Por Stephanie Kohn | 26 de Julho de 2019 às 15h30
Tudo sobre

Google

Saiba tudo sobre Google

Ver mais

A segunda edição do Prêmio Canaltech apresentou novas categorias voltadas pro mundo corporativo. Este ano, os leitores que se declararam profissionais da área escolheram as marcas mais reconhecidas do mercado nacional de Tecnologia da Informação.

Na categoria Computação na Nuvem, o Google foi vencedor, com 56% dos votos, ficando bem à frente da segunda colocada, a AWS. Por conta disso, o Canaltech foi investigar como a companhia tem trabalhado para reforçar seu serviço de nuvem no Brasil e quais são os planos de expansão do Google Cloud na região.

Durante o evento anual Google Cloud Next, que aconteceu de 9 a 11 de abril deste ano, o CEO global da área, Thomas Kurian, afirmou que, dentre os planos para este ano, estava a ampliação do time de vendas com novas contratações. Ele ainda comentou que queria aumentar a participação de mercado da Google. Uma das estratégias adotadas seria a mescla de especialistas técnicos nas equipes de entrada de mercado, grupo que anuncia e vende os serviços da Google para clientes em potencial.

Na América Latina, o primeiro passo dessa expansão o anúncio da contratação de Eduardo Lopez para o cargo de Head de Vendas de Google Cloud para a região, com o objetivo de acelerar a transformação de empresas locais por meio da computação em nuvem.

Com a chegada de Lopez, a América Latina deixou de fazer parte da região de Americas, que inclui Estados Unidos e Canadá, passando a responder como uma região independente diretamente ao presidente global de Google Cloud, Robert Enslin.

Durante o evento Google Cloud Next, a empresa também apresentou uma série de produtos com foco em desenvolvedores, como o Anthos. A plataforma híbrida, que está sendo liberada aos clientes em versão beta, permite que usuários adotem uma estratégia multi-cloud — isso significa que os clientes poderão adotar nuvens públicas de diversos fornecedores (mesmo de rivais, como Amazon e Microsoft) de forma simplificada.

Crescimento

Segundo último levantamento da empresa,feito em dezembro de 2018, o número de empresas brasileiras que usam o Google Cloud Platform (GCP) - plataforma de soluções na nuvem para aprimoramento de processos colaborativos, ou de produções empresariais, cresceu 330% no Brasil em um ano, com base nos 12 meses anteriores.

"Acreditamos que esse crescimento é um reflexo da chegada da Região da Nuvem em São Paulo, a primeira do Google Cloud na América Latina, lançada em setembro de 2017. As regiões de Cloud oferecem a possibilidade aos clientes de utilizar infraestrutura local, o que oferece baixa latência no acesso aos seus dados e aplicações, além da cobrança dos serviços feita na moeda local", comentou.

Para sustentar esse crescimento, o Google está fortalecendo e expandindo a equipe de negócios, partindo para uma abordagem no modelo de engenheiro para engenheiro. Apenas no ano passado eles triplicaram o número de engenheiros que trabalham diretamente com clientes em todo o mundo.

Perfil dos clientes

O Google Cloud atende empresas de diversos tamanhos e capacidades, desde pequenas, até as de médio e grande porte. O portfólio de clientes é extenso, mas eles dão foco em seis indústrias: Bancos; Telecomunicações, Mídia e Entretenimento; Varejo; Saúde; Indústria; bem como Governo. Dentro desses mercados, oferecemos cinco principais áreas de atuação: Modernização de Infraestrutura, Gerenciamento de Dados, Análise Inteligente do Negócio, Inteligência Artificial e Machine Learning, além do aprimoramento da cultura de colaboração dentro da empresa.

No Brasil, possuem clientes como Natura, Magazine Luiza, Tera, Hotel Urbano, Portal Telemedicina e Latam Airlines.

A assessoria de imprensa da empresa explicou ao Canaltech como eles têm trabalhado em diferentes segmentos:

Serviços Financeiros: Ajudamos as instituições financeiras a adotar a tecnologia de nuvem para transformar seus negócios. Com o Google Cloud, eles podem reduzir o risco e gerenciar os custos por meio da modernização da plataforma e obter melhores informações a partir de seus dados. Com soluções de inteligência artificial provemos a capacidade de agilizar análise de risco, análise de quantidades massivas e complexas de dados, além de alcançar altos níveis de compliance.

Telecomunicações, Mídia e Entretenimento: O cenário global de entretenimento está convergindo em diferentes tipos de mídia. Com a ajuda da extensa rede de alta performance do Google, conseguimos entregar conteúdos digitais em tempo real globalmente. Ajudamos a capacitar empresas de entretenimento e mídia - incluindo emissoras tradicionais, empresas OTT nativas digitais, estúdios de jogos e editores de notícias - a conectar sua base de clientes global com conteúdo personalizado;

Varejo: Com a otimização e modernização da infraestrutura, temos ajudado nossos clientes a analisar comportamento de compras on-line/off-line, realização de campanhas mais efetivas e recomendações de produtos.

Saúde: Com tecnologia de aprendizado de máquina, clientes como Portal Telemedicina conduzem diagnósticos por imagem de forma remota e precisa em alto volume e baixo custo. Outra capacidade é a unificação de dados de diferentes sistemas para informações de urgência, que ficam acessíveis para diversos especialistas.

Indústria: O Google vem superando alguns dos desafios da indústria 4.0 com tecnologias de Internet das Coisas (IOT), análises preditivas de produção e conexão com a cadeia de suprimentos, como é o caso da Natura;

Governo: O impacto das tecnologias do Google Cloud no cidadão cada dia mais conectado, permite avanço na qualidade de agilidade dos serviços públicos e redução de custos operacionais. É o caso do Waze for Cities, uma parceria do Google Cloud e do Waze, que fornece armazenamento gratuito de dados de trânsito, situação de vias e semáforos por até 10 anos para prefeituras parceiras do país, além de permitir o acesso ao BigQuery e o Data Studio. Isso facilita uma análise aprofundada a fim de elaborar melhorias.


Conheça os demais vencedores do Prêmio Canaltech nas categorias Corporate.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.