Publicidade

Microtraições: psicólogos debatem como crises podem surgir no relacionamento

Por| Editado por Luciana Zaramela | 05 de Abril de 2023 às 11h05

Link copiado!

GeorgeRudy/Envato
GeorgeRudy/Envato

Quais os limites de um relacionamento, a ponto de um comportamento ser considerado traição? Psicólogos levam essa questão ainda mais longe e apresentam um conceito relativamente novo: as microtraições. Na definição, consiste em “pequenas ações que indicam que uma pessoa está emocional ou fisicamente focada em alguém fora de seu relacionamento."

Considerando essa linha de raciocínio, a microtraição pode ser uma navegação em aplicativos de namoro, mensagens de paquera enviadas a outra pessoa (ou até mesmo emojis sugestivos nas postagens ou na DM de alguém).

Os especialistas apontam que, se você sente que tem algo a esconder do seu parceiro, é preciso perguntar a si mesmo o porquê. No entanto, é válido levar em consideração que a microtraição não é sobre o ato em si (por exemplo: conversar com outras pessoas ou reagir a a publicações pode não ser exatamente uma microtraição), mas sim a intenção por trás disso.

Continua após a publicidade

O que fazer em caso de microtraições?

A recomendação dos psicólogos é que, antes de tudo, a pessoa se coloque no lugar do parceiro e tente entender como se sentiria se o outro fizesse essas mesmas atitudes. Se acontecer um incômodo, é sinal de que alguma coisa está errada.

É um conceito que também pode se aplicar a relacionamentos não monogâmicos, já qualquer tipo de interação emocional que você mantenha em segredo de outros participantes do relacionamento pode ser considerado microtraição.

O Canaltech está no WhasApp!Entre no canal e acompanhe notícias e dicas de tecnologia

Uma dica então é ser honesto consigo mesmo, para entender a razão por trás dessas microtraições, que podem ser um sinal de que você está infeliz em seu relacionamento ou de que existem pendências. Se o seu parceiro estiver cometendo as microtraições, a comunidade da psicologia incentiva o diálogo, ou seja: explique o que você viu e por que isso está incomodando. A recomendação é estabelecer limites e apontar exatamente quais comportamentos contam como microtraição.

Fonte: Huffpost, IFL Science, Healthline