Adolescentes assumem que são viciados em smartphones, segundo estudo

Por Natalie Rosa | 20 de Fevereiro de 2018 às 08h44
photo_camera Reprodução

Os adolescentes estão viciados em smartphones, e eles sabem disso, diz um estudo realizado pela organização educacional Common Sense Media. A pesquisa revelou que, entre os jovens entrevistados, 50% dizem assumir que se sentem viciados em dispositivos móveis e 59% dos pais concordam com a afirmação.

A autora do estudo Social Media Wellness (Bem-estar nas Redes Sociais), Ana Homayoun, conta que o viciante não é o dispositivo em si, seja ele smartphone ou tablet, mas sim os aplicativos. Ela comenta que o objetivo dos apps é promover o engajamento, por isso é preciso estar sempre online, e que isso acontece pelo medo de perder alguma informação.

Sobre a idade certa para dar um smartphone a um filho, a pesquisadora conta que o recomendado é o uso de forma gradual e que os pais ou responsáveis devem oferecer um aparelho comum no início e, aos poucos, ir apresentando os jovens aos modelos mais atuais, desenvolvendo, dessa forma, bons hábitos.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Ela também recomenda que seja criado um cronograma com regras, como determinar os horários e dias da semana em que os adolescentes poderão ter acesso aos dispositivos, além de evitar o uso no período da noite. As mesmas regras, reforça Homayoun, também valem para os adultos.

Fonte: CNBC

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.