Sony diz que Homem-Aranha não voltará ao MCU: "Portas fechadas"

Por Felipe Ribeiro | 06 de Setembro de 2019 às 13h28
Tudo sobre

Sony

Saiba tudo sobre Sony

Ver mais

Uma péssima notícia para os fãs do Homem-Aranha. O CEO da Sony Pictures, Tony Vinciquerra, durante uma conferência com o site Variety realizada na última quinta-feira (5), tratou de enfatizar que o herói não estará tão cedo de volta ao Universo Cinematográfico da Marvel.

"No momento, a porta está fechada", disse Vinciquerra. Com o fim do acordo entre a Disney e a Sony e um embróglio envolvendo os lucros de bilheteria, a presença do Aranha em filmes da Marvel ficará impossibilitada e, ao que parece, por um bom tempo. Vale lembrar que o último filme da Sony, Homem-Aranha: Longe de Casa, rendeu cerca de US$ 1 bilhão (R$ 4 bilhões) de bilheteria, sendo a maior da história do estúdio.

Entenda o caso

A Disney e a Sony tinham um acordo em que o Homem-Aranha participaria dos filmes do MCU, porém sem a gigante intervir nas produções solo do aracnídeo. Como parte do contrato, a Disney lucraria 5% das bilheterias de estreia envolvendo o Aranha, além do lucro de merchandising. A princípio, o negócio era bom para todos. Eis que as coisas mudaram...

Com o sucesso de "Longe de Casa", a Disney resolveu mudar os termos de negociação. O produtor do MCU, Kevin Feige, decidiu que queria um corte maior nas bilheterias, mais precisamente 50% do que fosse arrecadado, o que, certamente, deixou a Sony pistola, para dizer o mínimo. Ainda assim, de acordo com Vinciquerra, não há "má vontade" entre Sony e Marvel. "Tivemos ótimos momentos com Feige nos filmes do Homem-Aranha", disse Vinciquerra. "Tentamos ver se há uma maneira de resolver isso ... o pessoal da Marvel é incrível, temos um grande respeito por eles, mas, por outro lado, temos pessoas incríveis demais. Kevin não fez todo o trabalho sozinho", complementou, de maneira mais enfática, o CEO da Sony.

Homem-Aranha: Longe de Casa é a maior bilheteria da história da Sony/ Imagem: Sony

Vinciquerra também fez questão de lembrar outras produções da Sony envolvendo o Aranha, como Homem-Aranha: No Aranhaverso, produzido por Phil Lord e Christopher Miller, além de Venom, que terá sequência. "O Homem-Aranha estava bem antes dos filmes do MCU, foi muito bem agora e, com nosso próprio universo formado, teremos outros personagens surgindo", disse ele.

Fonte: CNET

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.