John Boyega se junta à Netflix na busca por histórias africanas para produzir

Por Laísa Trojaike | 10 de Março de 2020 às 23h00
Tudo sobre

Netflix

Saiba tudo sobre Netflix

Ver mais

John Boyega, mais conhecido por interpretar Finn na nova trilogia Star Wars, também gosta de ficar atrás das câmeras: sua produtora, a UpperRoom Productions, colocou o ator em um dos cargos de comando da sequência Círculo de Fogo: A Revolta (2018). Agora, Boyega está se aventurando novamente na produção, mas dessa vez ao lado da Netflix.

A parceria tem o intuito de desenvolver filmes em língua não-inglesa no leste e no oeste da África. Segundo a própria UpperRoom, eles “desenvolverão projetos de filmes baseados em histórias, elenco, personagens, equipe, propriedades literárias, mitologia, roteiros e/ou outros elementos nos países africanos ou acerca deles.”

John Boyega no set de Círculo de Fogo: A Revolta (Imagem: Universal Pictures)

Empolgado com o projeto, Boyega comentou: “Estou entusiasmado em fazer parceria com a Netflix para desenvolver uma série de longas-metragens em língua não-inglesa focada em histórias africanas e minha equipe e eu estamos empolgados para desenvolver material original. Estamos orgulhosos de expandir esse braço dos negócios com uma empresa que compartilha nossa visão.”

Da sua parte, a Netflix também se manifestou através de David Kosse, produtor focado em filmes internacionais: “A África tem uma história rica em contação de histórias e, para a Netflix, essa parceria com John e a UpperRoom apresenta uma oportunidade para aumentar nosso investimento no continente, enquanto trazemos histórias africanas únicas para nossos membros, tanto na África quanto no mundo.”

Primeiro original Netflix foi baseado em romance nigeriano (Imagem: Netflix)

A Netflix tem um olho na África há bastante tempo: vale lembrar que sua primeira produção original foi Beasts of No Nation (2015), que, apesar de ser um filme dos EUA e dirigido por Cary Joji Fukunaga, é ambientado em algum lugar não especificado da África e baseado no romance homônimo do autor nigeriano Uzodinma Iweala.

Mais recentemente, a plataforma de streaming anunciou a sua primeira série nigeriana, Queen Sono, cuja primeira temporada (com seis episódios) foi lançada inclusive no Brasil em fevereiro deste ano.

Fonte: Deadline

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.