Indicado ao Oscar, diretor de Parasita confirma remake em forma de série

Por Claudio Yuge | 14 de Janeiro de 2020 às 08h00
neon enterntainment

Desde que o filme sul-coreano Parasita arrebatou multidões de fãs em sua estreia, no ano passado, muito se fala sobre a possibilidade de um remake em Hollywood — o que vinha gerando uma série de críticas, com essa mania que o mercado dos EUA tem de “americanizar” sucessos asiáticos. E nesta segunda-feira (13), após fazer história, ao ser o primeiro longa da Coreia do Sul a ser indicado no Oscar, tanto como Melhor Filme, quanto Melhor Filme Estrangeiro,  seu diretor, Bong Joon-ho, também concorrendo na categoria correspondente, comentou o assunto.

Parasita, que narra de maneira divertida e pouco convencional a história de uma família pobre que invade a casa de pessoas ricas, também conseguiu outras nomeações no Oscar. Jon Won Han concorre a Melhor Roteiro Original, enquanto Jinmo Yang disputa Melhor Edição e Lee Ha Jun e Cho Won Woo estão entre os selecionados para Design de Produção.

O diretor Bong Joon Ho (Imagem: Reprodução/Variety)

"Não criei este filme para todas essas indicações, mas de alguma forma tudo isso aconteceu. Fiquei particularmente feliz em receber as nomeações para edição e design de produção. Eles (Jinmo Yang, Lee Ha Jun e Cho Won Woo) são todos grandes mestres, com uma longa carreira, e fiquei muito feliz em vê-los indicados... nós nos esforçamos muito em todos os departamentos deste filme. Tentamos abordá-lo com maestria e arte, com novos desafios, e não permanecemos complacentes. Acho que os eleitores realmente reconheceram isso, como os colegas cineastas”, comentou Joon-Ho, em entrevista à Variety.

Série seria “uma expansão e não um remake”

Após o burburinho sobre um remake estadunidense, algumas fontes quentes de bastidores começaram a falar sobre a possibilidade de uma série, que estaria sendo supervisionada por Adam McKay (Vice, A Grande Aposta). Agora, Bong Joon-Ho confirma essa parceria, embora diga que tudo ainda esteja na fase inicial. 

“Quando penso em uma série limitada, realmente penso nisso como um filme expandido, como Fanny e Alexander, de Ingmar Bergman, em que você tem uma versão para cinema, de três horas, e uma versão televisiva, de três horas. Portanto, meu objetivo é criar uma versão expandida e de alta qualidade de Parasita”, explicou Joon-Ho. Embora ele não use a palavra remake, tudo leva a crer que seja basicamente a mesma trama, só que com outras ramificações.

Imagem: Reprodução/Neon Entertainment

Ele citou o bom resultado obtido por McKay e a HBO em Succession. “Adam McKay e HBO se saíram muito bem em Succession, trabalhando com esses artistas que criaram grandes obras. Gostaria de concretizar essa tentativa de expandir este filme e explorar todas as idéias que tive na fase de roteiro nas cenas para a série de TV.”

Bong adianta que ainda não decidiu sobre a manutenção da ambientação na Coreia do Sul ou uma adaptação para o Ocidente. "Ainda estamos muito nos estágios iniciais. Em breve vou me encontrar com Adam para conversar sobre essa configuração. Por enquanto, muitas coisas estão abertas.”

Fonte: Variety  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.