Filme solo do Coringa é ovacionado por oito minutos em festival de cinema

Por Rafael Arbulu | 02 de Setembro de 2019 às 12h30
(Imagem: Divulgação/Warner Bros.)

O Coringa, filme estrelado por Joaquin Phoenix e que traz uma narrativa de origem ao icônico vilão da DC Comics, foi exibido em premiere durante o Festival de Cinema de Veneza no último final de semana. E, pela reação do público local, estamos próximos de um sucesso completo: a produção dirigida por Todd Phillips foi aplaudida em pé e ovacionada durante oito minutos ininterruptos, segundo informações da Variety.

Algumas figuras notáveis da indústria cinematográfica, presentes no festival, exaltaram a qualidade do filme, com o diretor artístico Alberto Barbera dizendo que o filme “vai direto para o Oscar”. Outros elogiaram a atuação de Phoenix no papel do personagem. O ator também estava no evento e disse que não recebeu influências de atuações do vilão em filmes passados: “Eu não busquei referências em nenhuma iteração anterior do personagem. Eu só senti como se tudo fosse nossa própria criação de algumas formas”, ele disse.

O Coringa remonta a uma narrativa de origem do icônico vilão dos quadrinhos, elucidando mais detalhes de seu passado e representando-o como um comediante de segundo escalão, praticamente falido e com problemas de depressão que o vão levando até um ponto de “quebra”, quando ele efetivamente se torna o personagem que nós conhecemos. Essa história de origem é comumente citada nos quadrinhos, porém nunca obteve uma confirmação definitiva: em outras histórias, o próprio Coringa ri desse conto e dá indícios de que ele pode ser mais uma fabricação sua. A DC Comics também nunca contou uma “origem oficial” do personagem.

O filme tem, além de Phoenix no papel principal, a presença de Robert De Niro (Machete; Homens de Honra, para citar alguns), Zazie Beets (Deadpool 2; Tempestade: Planeta em Fúria) e Frances Conroy (American Horror Story). A direção do filme marca uma mudança de cenário para Todd Phillips, que é mais conhecido pela trilogia Se Beber, Não Case e ser o roteirista de Borat.

Fonte: Variety

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.