Aquaman supera Mulher-Maravilha e chega a US$ 822 milhões na bilheteria global

Por Rafael Arbulu | 03 de Janeiro de 2019 às 14h20

Aquaman, da Warner Bros e DC Comics, superou a marca de US$ 822 milhões de faturamento global nas bilheterias, ultrapassando Mulher-Maravilha, que chegou a “apenas” US$ 820 milhões. A produção protagonizada por Jason Momoa agora ocupa a segunda posição dos filmes mais rentáveis do chamado Universo Estendido da DC, atrás apenas de Batman vs. Superman: A Origem da Justiça.

Estimativas indicam que Aquaman pode, inclusive, ser o terceiro filme do universo cinematográfico da DC Comics a chegar à marca de US$ 1 bilhão. Até hoje, apenas Batman: O Cavaleiro das Trevas e Batman: O Cavaleiro das Trevas Ressurge — ambos da trilogia dirigida por Christopher Nolan e protagonizadas por Christian Bale (consequentemente, fora do universo estendido) — conseguiram tal feito.

Na bilheteria doméstica, ou seja, dentro dos Estados Unidos, Aquaman gerou faturamento de US$ 51,55 milhões em seu segundo final de semana em exibição, empurrando seus ganhos no país para US$ 188 milhões.

A notícia favorece muito a Warner Bros, uma vez que o estúdio gastou aproximadamente US$ 200 milhões apenas na divulgação do filme, pouco antes de sua estreia, em uma tentativa de prevenção de fracasso nas bilheterias, a exemplo do que aconteceu com outros filmes de alta expectativa e baixo resultado na empresa (estamos olhando para você, Esquadrão Suicida!).

O Canaltech publicou a sua crítica do filme em dezembro. Nosso repórter e redator Felipe Demartini disse na ocasião que “o maior trunfo que leva o longa (...) vai além do carisma do protagonista, Jason Momoa, que é por vezes canastrão e por vezes divertido. O principal destaque do filme é o fato de ele deixar de lado os cacoetes dos primeiros anos desse universo cinematográfico e, simplesmente, abraçar com amor o aspecto divino e fantástico dos heróis da editora”.

Aquaman ainda está em cartaz na maioria das salas de cinema do Brasil.

Fonte: Variety

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.