Satélite construído pelo Brasil em parceria com a China será lançado em dezembro

Por Natalie Rosa | 06 de Novembro de 2019 às 08h15
Reprodução: Inpe

O satélite Cbers-4A chegou à base de lançamento de Taiyuan, na China, na última terça-feira (5). Fruto de uma parceria entre Brasil e China, o equipamento foi desenvolvido pelo INPE (Instituto de Pesquisas Espaciais) e pela Academia Chinesa de Tecnologia e, agora, o próximo passo é o lançamento, que vai acontecer no dia 17 de dezembro deste ano.

O Cbers-4A é o sucessor do Cbers-4, lançado em dezembro de 2014, e é o sexto satélite construído em parceria do Brasil com a China que vai chegar até o espaço. Antes do lançamento, cientistas brasileiros e chineses vão começar a fazer os últimos testes elétricos, além da integração dos módulos de serviço e de carga útil.

Reprodução: Inpe

Quando tudo estiver em conformidade, o satélite será colocado na torre de lançamento para ser acoplado a um foguete. Chegando ao destino, o Cbers-4A dará 14 voltas por dia ao redor da Terra, com a missão principal de capturar imagens do desmatamento da Amazônia e fazer mapeamento de queimadas.

O lançamento deveria ter acontecido em dezembro do ano passado, mas precisou ser adiado devido a uma crise financeira no Inpe. A construção do satélite custou R$ 190 milhões ao Brasil, e o equipamento tem previsão de operar por ao menos cinco anos.

Fonte: G1

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.