Há 100 anos, Nikola Tesla fez previsões para o futuro, que hoje são realidade

Por Redação | 25 de Janeiro de 2018 às 16h51
Tudo sobre

Tesla

Um dos grandes inventores do século XIX, Nikola Tesla teve sua fama abafada pelo rival Thomas Edison, mas, ainda assim, seu nome ficou marcado na história dos campos da engenharia mecânica e electrotécnica. Ele ficou especialmente conhecido por ter contribuído de maneira revolucionária no campo do eletromagnetismo, e muitas de suas patentes e estudos formaram a base dos sistemas elétricos com corrente alternada.

Tesla e Edison protagonizaram a "Guerra das Correntes". De um lado, Edison defendia o uso da corrente contínua, mas Tesla afirmava que a corrente alternada era mais fácil de ser transmitida por grandes distâncias. Ainda que Tesla tenha vencido a batalha, Edison acabou ficando conhecido como o "pai da eletricidade". Nikola, visto na comunidade como um "cientista louco", acabou falecendo pobre aos 86 anos.

Mas, ainda assim, as contribuições de Tesla para a ciência são valiosíssimas, e ele também fez algumas previsões sobre o futuro há 100 anos; com algumas se tornando realidade. Confira cinco delas:

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Smartphones

Em 1926, Tesla deu uma entrevista à revista Colliers, em que falou sobre uma "tecnologia de bolso" quando ninguém imaginava algo do tipo. Essa tecnologia, no vislumbre do cientista, seria capaz de transmitir músicas, vídeos e fotos para todo o mundo, sendo que "poderíamos presenciar e escutar eventos como se estivéssemos neles", em suas palavras, já imaginando os streamings.

Drones

Antes disso, em 1989, Tesla demonstrou um equipamento autômato, sem fios e controlado remotamente, algo como um drone jurássico. Na época, o mundo foi surpreendido com o aparelho que conseguia se comunicar sem fios, além de sua engenharia avançada, e o curioso sobre isso é que muita gente pensou que Tesla havia colocado um pequeno macaco para controlar o sistema dentro do objeto.

Wi-Fi

Tesla também sabia que, um dia, seria possível transmitir dados sem precisar de fios para tal, indo além do código-morse. O inventor declarou que, um dia, a humanidade conseguiria enviar documentos, arquivos, músicas e vídeos usando uma tecnologia sem fio ainda não inventada, o que, hoje, é possível graças à conexão Wi-Fi.

A mulher no comando

Na mesma revista Colliers, em 1926 publicaram uma matéria chamada "When Woman is Boss" ("Quando a mulher é a chefe", em tradução livre), usando como base uma declaração de Tesla sobre as mulheres. Ele afirmara que elas conseguiriam se educar e conseguir empregos graças a essa tecnologia sem fio, até que, um dia, se tornariam o sexo dominante na sociedade.

E a internet está servindo como uma ferramenta essencial tanto no que diz respeito ao acesso ao ensino (não só para mulheres, bem como para todos), quanto na disseminação de ideais feministas como o empoderamento da mulher e o fim do preconceito de gênero.

Aviões de alta velocidade

Tesla imaginou, ainda, aviões não-militares de alta velocidade, capazes de levar muitos passageiros rapidamente em rotas comerciais pelo globo. Na época, ele foi tido como louco por afirmar que, um dia, seria possível viajar de Londres a Nova Iorque em poucas horas.

Ele foi além, também dizendo que esses aviões voariam sem combustíveis. Bom, isso ainda não acontece, mas um futuro em que aviões elétricos e helicópteros autônomos façam parte das rotas comerciais não está lá muito distante dos nossos tempos.

Fonte: BBC

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.