Cientistas criam boné que confunde sistemas de identificação facial

Por Ramon de Souza | 23 de Março de 2018 às 09h09
photo_camera Reprodução

Sistemas de identificação facial podem ser úteis — como no caso do Face ID, usado para autenticar o usuário de um iPhone X —, mas também podem se mostrar perigosos. É cada vez mais comum o uso de tal tecnologia em sistemas de segurança e câmeras de circuito interno. Se você se sente desconfortável com essa invasão à sua privacidade, saiba que um grupo de cientistas encontrou uma forma bem simples de burlar esses sistemas.

Os cientistas (oriundos da Universidade de Hong Kong, da Universidade de Indiana e do Grupo Alibaba) projetaram um boné de beisebol equipado com pequenas luzes LED. Tais lâmpadas emitem raios infravermelhos no rosto do usuário, o que o distorce para os softwares de identificação facial. Ao longo dos testes, o equipamento conseguiu confundir os programas em 70% dos casos.

Naturalmente, o tal boné serviu apenas para propósitos científicos e não será vendido como um produto comercial. Porém, visto que a preocupação da indústria a respeito dos impactos da identificação facial na privacidade da população é cada vez maior, é bem provável que não demore muito até que esse tipo de vestimenta seja oferecida normalmente na loja de roupas mais próxima.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Fonte: Mashable

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.