Seda transgênica de aranha é usada para fabricar roupas super-resistentes

Por Redação | 09 de Setembro de 2014 às 09h30
photo_camera Pinterest

Cientistas japoneses desenvolveram uma nova forma de produzir roupas: com uma seda extraforte desenvolvida com material transgênico de aranhas. É isso mesmo, aranhas!

As duas peças produzidas pelos cientistas, um lenço e um colete de seda, aparentam ser peças comuns. No entanto, o material usado nelas foi produzido por bichos-da-seda que receberam genes de aranha. A mistura de proteínas dos aracnídeos com o material já produzido pelos bichos-da-seda emerge de suas bocas, dando origem ao material híbrido. Saiu no Popular Science.

seda transgênica

O material híbrido resultando é composto de menos de 1% de proteínas de aranha, mas se torna 53% mais resistente que a seda regular produzida pelos bichos-da-seda. A pesquisa foi desenvolvida por uma equipe de cinco cientistas do Instituto Nacional de Ciências Agrobiológicas do Japão e da Universidade Shinshu.

Há muito tempo os cientistas já sabem que as proteínas das aranhas são excepcionalmente fortes e os fios das teias até cinco vezes mais forte que um fio de aço do mesmo tamanho. Os cientistas também acreditam que a seda fortificada poderá ser usada com diferentes finalidades como fio cirúrgico ou produção de coletes à prova de bala.

Com um potencial tão grande, porque produzir um colete e um lenço? Porque a equipe queria demonstrar que teria condições de ter material suficiente para a produção e que ele seria capaz de alimentar as máquinas de fábricas de roupas da mesma forma que acontece com os tecidos comuns.

Ao invés de usar a aranha diretamente, houve a opção por modificar o gene do bicho-da-seda, pois as aranhas produzem uma quantidade menor do material e são canibais, dificultando uma criação. Os bichos-da-seda, por outro lado, são mais domesticáveis e produzem casulos com grandes quantidades de seda, sendo fáceis de serem criados em um ambiente caseiro.

Nos últimos anos, diversos laboratórios criaram bichos-da-seda modificados geneticamente com a proteína das aranhas. No entanto, esta foi a primeira vez que foi possível colher material suficiente para fazer algo usável.

Agora, os esforços da equipe visam a melhor forma de levar o material produzido pelos bichos-da-seda geneticamente modificados para exploração comercial.

Fonte: http://www.popsci.com/article/science/vest-and-scarf-made-spider-silk

Fique por dentro do mundo da tecnologia!

Inscreva-se em nossa newsletter e receba diariamente as notícias por e-mail.