Cientistas encontram evidências de continente perdido no Oceano Índico

Por Redação | 27 de Fevereiro de 2013 às 15h00
photo_camera Toca da Cotia

Pesquisadores da Universidade de Oslo, Noruega, afirmaram nesta terça-feira (26) que encontraram índicios da existência de um continente perdido no Oceano Índico, próximo às Ilhas Maurício. O continente, segundo os cientistas, encontra-se submerso e escondido embaixo de uma camada de lava vulcânica. As informações são do Examiner.

O fragmento do suposto continente, batizado de Mauritia, deve ter se desprendido da ilha de Madagascar há mais de 60 milhões de anos, quando a ilha se encontrava muito próxima do território que viria a ser a Índia. Há 1 bilhão de anos, todos os continentes se encontravam unidos na superfície terrestre formando um grande massa de terra. Naquela época, Índia e Madagascar estavam unidas e os cientistas acreditam que Mauritia ficava localizado entre esses dois países.

As evidências do continente foram descobertas com o auxílio de minúsculos pedaços de zircão que apareceram nas areias das Ilhas Maurício, formados entre 1.970 a 600 milhões de anos atrás - o zircão é considerado o mineral mais antigo encontrado na crosta da Terra. Os cientistas acreditam que ao se fragmentar do grande continente, a Mauritia tenha se dividido em diversas partes que sobreviveram à fragmentação - uma delas seria a Ilha de Seychelles.

Mesmo com os indícios, os pesquisadores acreditam que grande parte do continente perdido deva estar submersa e pode estar 'escondida' embaixo da extensão de terra das Ilhas Maurício e Mascarenhas, a aproximadamente 10 quilômetros abaixo da superfície.

Siga o Canaltech no Twitter!

Não perca nenhuma novidade do mundo da tecnologia.