O mais novo produto da Xiaomi é um... detector inteligente de vazamentos de água

Por Ramon de Souza | 28 de Outubro de 2020 às 23h40
Divulgação/Xiaomi
Tudo sobre

Xiaomi

Saiba tudo sobre Xiaomi

Ver mais

Só existem duas coisas neste mundo que podem competir no fator aleatoriedade: o Gerador de Improbabilidade Infinita (do livro O Mochileiro das Galáxias, de Douglas Adams) e o portefólio de soluções de Internet das Coisas (IoT, na sigla em inglês) da Xiaomi. Como ponto extra para este segundo competidor, saiba que a companhia chinesa acaba de anunciar o seu mais novo produto: um detector inteligente de vazamentos de água e inundações.

Batizado de Mi Leak Detector, o gadget tem uma função muito simples: ficar parado no lugar onde foi posicionado e alertar seu usuário, por meio de notificações enviadas em um aplicativo oficial, caso sinta a presença de água em seus pés dotados de sensores. A ideia é que você posicione o aparelho (que mede apenas 5 cm) em locais estratégicos para ser alertado no caso de um cano rompido ou de um alagamento por chuva forte, por exemplo.

Imagem: Divulgação/Xiaomi

A Xiaomi ainda comenta que o invento pode ser útil não apenas no ambiente residencial, mas também em escritórios e até mesmo em plantas industriais — e é aqui que mora uma das questões. Cada Mi Leak Detector custa cerca de US$ 9 (ou R$ 49 na conversão direta); caso você queira montar um sistema de monitoramento antivazamento realmente eficaz, calculamos que será necessário pelo menos três unidades do gadget (cozinha, banheiro e área de serviço).

Além disso, por mais que a engenhoca possa ser útil, é importante lembrar das constantes preocupações levantadas por especialistas de segurança em relação a dispositivos IoT. Esses gadgets não costumam ser projetados pensando na proteção de dados, sofrendo, muitas vezes, com vulnerabilidades graves e falta de criptografia na comunicação entre dispositivo, aplicativo e servidores.

Imagem: Divulgação/Xiaomi

Pesquisadores já encontraram falhas em outro gadget IoT da Xiaomi

Em outubro de 2019, inclusive, especialistas encontraram falhas nos comedouros inteligentes para animais de estimação FurryTail, fabricados pela própria Xiaomi, que poderiam ter seu fluxo de dados interceptado por um invasor. O criminoso poderia, então, “sequestrar” o produto, enviando falsas notificações ao usuário ou sobrecarregando seu pet com mais ração do que o apropriado.

No caso do Mi Leak Detector, podemos supor que, caso uma vulnerabilidade exista, ela pode ser explorada para falsificar alertas de inundações ou — pior — tornar o dispositivo silencioso e impedir que ele lhe notifique a respeito de um perigoso alagamento.

O Mi Leak Detector pode ser uma solução bastante interessante, especialmente neste momento em que aumenta a preocupação com economia de água, a exemplo do que acontece em cidades que enfrentam situações críticas de seca, como Curitiba. Mas, antes de importar o aparelho na loja virtual Xiaomi Youpin, vale considerar as questões de segurança e privacidade.

Fonte: Xiaomi Youpin

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.