Uber e Volvo anunciam novo SUV XC90 totalmente autônomo

Por Felipe Ribeiro | 12 de Junho de 2019 às 15h16
Uber ATG
Tudo sobre

Uber

Saiba tudo sobre Uber

Ver mais

O Uber Advanced Technologies Group, braço da Uber que trata de inovações tecnológicas, acaba de revelar uma nova geração de SUVs Volvo XC90 autônomos, que são projetados e construídos para funcionarem totalmente sem motoristas. Esse anúncio indica um marco crítico para a empresa, à medida em que ela que avança para a implantação de um serviço de robotaxi.

A Volvo e a Uber desenvolveram vários protótipos desde que entraram em uma parceria de engenharia conjunta em setembro de 2016. As gerações anteriores de veículos não foram construídas com total autonomia, ou seja, um motorista humano tinha que estar ao volante. Em vez disso, a Uber comprou os veículos, cerca de 250 ao todo, e os readaptou para uso autônomo.

Mudanças significativas

Este novo veículo de terceira geração apresentado no Uber Elevate Summit tem sistemas de direção e freio projetados para que um piloto virtual esteja no comando, e não um humano, bem como um novo conjunto de sensores no topo que foi acoplado ao chassi do SUV.

Imagem: Uber ATG

É importante ressaltar que o XC90 tem redundâncias, como falha na frenagem operacional, direção e energia de reserva embutidas no veículo-base da Volvo na linha de fabricação, requisitos básicos se a Uber quiser retirar o motorista de "carne e osso" do carro. Se algum dos sistemas primários falhar por algum motivo, os sistemas de backup agem imediatamente para parar o veículo.

Ainda não está pronto

O Uber ATG ainda tem trabalho a fazer antes de chegar ao objetivo do veículo 100% sem motorista. Em dezembro, a empresa recomeçou os testes de seus veículos autônomos nas estradas de Pittsburgh, nos EUA, nove meses depois de ter suspendido toda a sua operação após um de seus carros atingir e matar uma pedestre

O plano da Uber é começar com testes em locais específicos nas cidades, começando com Pittsburgh e, depois, expandir essa área ao longo do tempo. Toronto, no Canadá, pode ser o próximo destino, bem como algumas cidadezinhas na Califórnia.

Os veículos da próxima geração começarão a entrar na frota existente da Uber ATG em maior quantidade em 2020. A empresa diz que não substituirá completamente sua frota existente de veículos mais antigos, porque eles ainda fornecem valiosos testes e coleta de dados.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.