Executivo da BMW alfineta a Tesla: "Não é uma marca premium"

Executivo da BMW alfineta a Tesla: "Não é uma marca premium"

Por Felipe Ribeiro | Editado por Jones Oliveira | 13 de Novembro de 2021 às 15h30
Divulgação/ BMW Group Brasil

Muito embora se considere uma empresa de tecnologia e não de automóveis, a Tesla acabou se tornando concorrente de importantes montadoras no setor automotivo e isso, claro, traz grandes responsabilidades — e algumas alfinetadas. A última provocação foi proferida por Oliver Zipse, presidente do conselho de administração da BMW, que disse com todas as letras de que a fabricante de Elon Musk "não é premium".

Segundo o pessoal do Inside EVs, Zipse disse que a Tesla está vendendo absurdamente bem por conta de sua redução de preços e não por conta da qualidade dos produtos. Ele fala, ainda, que a BMW tem outro padrão de confiabilidade, acabamento e relacionamento com o cliente, que a coloca bem acima da, em tese, rival especializada em carros elétricos. Recentemente, o Tesla Model 3 foi o carro mais vendido da Europa no geral.

A questão é que a afirmação de Zipse é um pouco controversa e pode ser facilmente desmentida, principalmente quando analisamos a confiabilidade e o nível de satisfação dos clientes. Segundo pesquisa da Consumer Reports, os clientes da Tesla fizeram com que a montadora ficasse em primeiro lugar nesse ranking, à frente de marcas como a Lexus, Ford e até mesmo a BMW.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

O Tesla Model 3 segue vendendo muito bem (Imagem: Divulgação/Tesla)

A Tesla vive um momento importante em sua história e extremamente lucrativo. Além de atingir recordes constantes de vendas, a empresa de Elon Musk fechou um acordo com a Hertz para a aquisição de 100 mil carros elétricos para a frota de locação da companhia, o que fez as ações da montadora dispararem e tornarem seu CEO ainda mais rico.

Já a BMW segue com sua estratégia bem definida para carros eletrificados, apostando em modelos híbridos plug-in e 100 elétricos. Atualmente, a gigante alemã vendeu 230 mil carros desdes segmentos até setembro de 2021.

Fonte: Inside EVs

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.