BMW apresenta linha 2020 de carros híbridos; Canaltech viu de perto

Por Felipe Ribeiro | 14 de Agosto de 2019 às 11h58
Felipe Ribeiro/ Canaltech
Tudo sobre

BMW

Saiba tudo sobre BMW

Ver mais

A BMW aproveitou o M Festival no último sábado (10) para apresentar a linha 2020 de veículos híbridos. Aqui no Brasil, a montadora alemã comercializa dois: o sedã grande da Série 5, o BMW 530e; e um esportivo bem apimentado, o i8.

Em comum entre esses produtos é que eles são híbridos plug-in, ou seja, podem ser carregados na tomada ou por meio da BMW i Wallbox, que pode ser adquirida junto do veículo ou acessada pela cidade (os carros possuem no sistema a localização de todas). O motorista pode ficar bem sossegado, pois em ambos a autonomia é muito boa. No 530e, com um único tanque mais a bateria, o carro pode rodar incríveis 900 quilômetros; já a autonomia do i8 é de 524 quilômetros.

Além de serem muito econômicos, os carros ostentam todo o poderio automotivo de um BMW, com pacotes tecnológicos muito completos e que "abraçam" o motorista.

O Canaltech esteve presente no evento e conta um pouco sobre ambos os modelos.

530e: luxo e eficiência

A versão híbrida plug-in do BMW Série 5, o icônico sedã grande da marca alemã, fez sua estreia no país em novembro do ano passado durante a última edição do Salão do Automóvel de São Paulo. Ele se distingue do Série 5 tradicional, impulsionado com motor a combustão, por vir equipado com o inovador sistema BMW eDrive, que integra um motor elétrico de última geração associado a um motor de quatro cilindros e 1.998 cm³, movido à gasolina, e apto a entregar 184cv, entre 5.000 e 6.500 rpm, e 290Nm de torque, de 1.350 a 4.250 rpm. A potência combinada é de 252cv e o torque 42kgf/m, 70kgf/m a mais do que a versão à combustão.

BMW 530e (Imagem: Felipe Ribeiro/Canaltech)

Com esta configuração, o sedã é capaz de acelerar de 0 a 100 km/h em 6,2s e alcançar 235 km/h de velocidade máxima (vídeo abaixo). O BMW 530e PHEV pode ser conduzido de forma híbrida com a utilização dos dois motores ou no modo puramente elétrico — sem emissões e sem ruído. No modo MAX eDrive, o BMW 530e tem autonomia de até 46 quilômetros de utilização puramente elétrica, sem necessidade de recarga.

O pacote tecnológico conta com um central multimídia completa e compatível com o BMW Connected Service, além de todos os sistemas semiautônomos presentes na maioria dos veículos da montadora dentro da linha 2020, como o controle de faixa, o sistema de estacionamento automático e o guia completo de postos de recarga elétricos que contêm as BMW i Wallbox.

BMW i8: híbrido esportivo

A proposta do BMW i8 é bem diferente do 530e. Aqui temos um esportivo com a cara e o jeito da montadora alemã, mas com motorização diferente dos demais dentro do portfólio. O i8 é dividido em dois modelos: o Coupé, que foi testado pelo Canaltech, e o Roadster. Ambos possuem a mesma potência e torque, mas a diferença é que o primeiro modelo pode receber mais dois passageiros atrás.

BMW i8 (Imagem: Felipe Ribeiro/ Canaltech)

Os modelos contam com o o sistema BMW eDrive, que combina um novo propulsor elétrico sincronizado ao motor à combustão, de três cilindros, 1.499 cm³ e dotado de tecnologia BMW TwinPower Turbo. O motor elétrico é responsável por mover as rodas dianteiras, enquanto o motor à gasolina movimenta as rodas traseiras.

As duas versões trazem potência combinada de 374 cv, 42 kgf/m de torque e capacidade da bateria de 11.6 kWh. Os números de desempenho são impressionantes: velocidade máxima de 250 km/h e aceleração de 0 a 100 km/h em 4,6 segundos para a Roadster; e 4,4 segundos na Coupé (ver vídeo abaixo). No modo eDrive, o BMW i8 pode rodar por até 45 Km em propulsão puramente elétrica, sem emissão de poluentes.

Ambos os modelos utilizam arquitetura LifeDrive desenvolvida para veículos BMW i (a mesma vista no BMW i3), cuja estrutura reúne um chassi de alumínio e uma célula de passageiros feita de fibra de carbono reforçada com plástico (CFRP). Com 1.535 Kg (Coupé) e 1.595Kg (Roadster) perfeitamente distribuídos, baixo centro de gravidade e controle de tração eletrônico, o BMW i8 é capaz de fazer curvas precisas e seguras.

Interior do BMW i8 Roadster (Imagem: Felipe Ribeiro/ Canaltech)

Tal qual a 5303, o i8 vem equipado com todos os sistemas de conectividade da BMW. Além disso, ele tem disponível em ambas as versões os faróis de LED, bancos esportivos, revestimentos internos de fibra de carbono e cerâmica, head-up display com luz indicadora para troca de marchas (shift-light) e rodas de 20 polegadas. No caso do Roadster, o teto retrátil é estendido ou recolhido em apenas 15 segundos e funciona em velocidade até 50 km/h.

Preços

O BMW 530e pode ser encontrado em versão única de R$ 340.950. Já para as versões do i8, os preços sugeridos são de R$ 699 mil (Roadster) e R$ 649 mil (Coupé). As BMW i Wallbox podem ser adquiridas separadamente, com o preço a consultar.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.