Descubra se seu chefe valoriza seu trabalho, mesmo que ele não demonstre tanto

Por Redação

Além de executar um trabalho satisfatório, construir um bom relacionamento com o chefe é crucial para obter sucesso no trabalho, já que esse superior é quem recomendará o funcionário a uma promoção, por exemplo, ou avaliará seu desempenho caso seja necessário fazer cortes na equipe de empregados. Basicamente, o destino do funcionário está quase sempre nas mãos de seu chefe.

Enquanto alguns desses líderes são mais transparentes e fazem questão de demonstrar o quanto estão contentes (ou não) com o funcionário, outros são mais difíceis de interpretar por serem mais fechados e discretos. Mas independentemente do jeitão de seu chefe, se ele fornece feedbacks positivos e elogia seu trabalho, fica fácil saber que o superior está contente em ter você como membro de sua equipe. Mas e como saber se o chefe está feliz contigo se ele não demonstra lá muito bem seus sentimentos?

Nesses casos, muitas vezes é o funcionário quem precisa chegar ao chefe e perguntar como está se saindo. Mas antes disso, há alguns sinais que podem ser observados para saber se seu chefe está impressionado com sua atuação profissional, ou se é necessário melhorar seu desempenho para arrancar um elogio de seu superior. E aqui vão alguns desses sinais.

O chefe pega pesado com você

Se seu chefe o trata com dureza, pode ser que ele esteja pegando pesado para fazê-lo sair do lugar, mas muitas vezes pode ser o motivo inverso: o chefe pode acabar exigindo mais de você justamente por saber que você é capaz de realizar aquela tarefa.

Suzanne Bates, CEO da Bates Communications, acredita que “um chefe que vê o funcionário como promissor pode dar muitos feedbacks, mas nem todos positivos - alguns deles podem ser do tipo ‘amor bandido’ porque ele ou ela o enxerga como alguém que pode dar conta da tarefa e está pronto para assumir mais responsabilidades.”

Ele o desafia

colegas de trabalho incômodos

Sentir-se sobrecarregado no ambiente profissional pode ser uma coisa positiva, vez ou outra. Afinal, “o chefe pode dar mais tarefas do que você acha que pode lidar não porque ele ou ela está tentando puni-lo, mas porque eles querem testá-lo em tarefas difíceis”, acredita Bates.

Respeito mútuo

Muitos empregados querem que seus chefes gostem deles, como se afinidade ou simpatia fossem alguma garantia de uma boa relação de trabalho. Mas, na verdade, o chefe ter afinidade com o funcionário é algo dispensável no ambiente de trabalho. O que vale numa relação profissional, no fim das contas, é o respeito.

Então, “pare de se preocupar tanto se seu chefe gosta de você porque o que realmente importa é se ele o respeita, o inclui e o engaja em conversas importantes”, aponta Bates.

Ele pergunta sua opinião

Bruce Tulgan, fundador da Rainmaker Thinking, acredita que chefes pedem mais a opinião de empregados em que eles confiam. “Se o chefe constantemente pede sua opinião em reuniões particulares ou de equipe, e te dá tempo para falar e responde ao que você diz - esses são bons sinais”, diz o executivo.

Nem sempre eles elogiam

Quando um superior está contente com o trabalho de um funcionário, espera-se ouvir elogios, mas nem sempre é isso o que acontece. “Eles [os chefes] podem pensar que você já sabe que está indo bem, então eles não querem parecer que estão o favorecendo, ou eles podem simplesmente esquecer dos elogios com tantas coisas para fazer”, explica Bates.

Para Tulgan, o funcionário “sempre deve se certificar de que está tendo as expectativas explicitadas em detalhes vívidos, e deve sempre acompanhar seu desempenho a cada passo do caminho”, sugerindo que, caso o empregado se sinta mais seguro, peça feedbacks ao superior sempre que desejado.

Seu chefe o procura primeiro

chefe feliz

Tulgan acredita que se seu chefe é daqueles que sempre procuram você em primeiro lugar na hora de pedir uma opinião, ou contar uma novidade, isso é um ótimo sinal. Pode ser que você seja apenas o queridinho do patrão por algum outro motivo, mas em uma relação profissional normalmente ser procurado pelo chefe é sinal de que ele confia em você e em seu trabalho.

Você tem voz ativa no que diz respeito à equipe

Por exemplo, quando seus colegas de trabalho estão com dificuldades, se seu chefe os leva até você para que você seja uma espécie de salvador da pátria, pode ser um sinal de que seu trabalho é tão valorizado que o chefe confia em você para resolver a dificuldade da equipe.

Você recebe tarefas importantes

Tal qual sobrecarregar o funcionário com atividades que acredita ser capaz de lidar, o chefe também pode direcionar as tarefas mais importantes ao empregado em que mais confia, como, por exemplo, ser responsável por uma ação de um cliente de peso.

Ele pergunta como estão as coisas

Tulgan observa que os chefes se preocupam em conferir como os funcionários mais especiais estão. Pode ser que o líder pergunte sobre sua vida pessoal, se está feliz em seu relacionamento, ou como vai a família. Ou ainda, caso o empregado esteja pensando em sair da companhia, o chefe demonstrará que você é valorizado ali dentro ao perguntar o que poderia melhorar para fazê-lo ficar.

Fonte: Business Insider