Campus Party: palco de Design, Foto e Vídeo deve trazer conteúdo mais conceitual

Por Rafael Romer | 25.01.2013 às 10:10

A Campus Party 2013 deve trazer um conteúdo mais conceitual para o palco de design, foto, vídeo e música, que neste ano homenageia o pintor, escultor e engenheiro da renascença italiana, Michelangelo. “Nós procuramos trazer palestras mais conceituais, que fugissem de softwares específicos e tutoriais como ‘aprenda a mexer no photoshop’, por exemplo”, afirma Edu Agni, designer e consultor que participou da curadoria do evento neste ano.

O “cardápio” do palco é resultado da co-curadoria de Agni com a também designer e editora de arte Rita Aprile. Eles se reuniram diversas vezes para definição dos convidados para 2013. Apesar de atuar pela primeira vez como curador este ano, Agni já participou da Campus Party por outros quatro anos, como frequentador e como palestrante. "A experiência ajudou muito na curadoria, eu já tinha contato com muitas pessoas da Campus Party e com profissionais da área", diz.

Em suas apresentações, Agni percebeu que as mesas que traziam um conteúdo mais denso, com assuntos como experiência do usuário e tendências, costumavam encher de campuseiros. A curadoria também usou dados de uma pesquisa de campo que revelou que cerca de um quinto das pessoas pedia novos palestrantes no evento. “Acho que isso é uma grande evolução para a Campus Party. Nós queríamos aumentar o leque de opções”, conta.

A tendência não deve, no entanto, deixar o conteúdo prático de lado: oficina de tirinhas, workshops de mangá e palestras sobre negócios na internet e bancos de imagens ainda estão na programação e prometem lotar o palco. “Nós também procuramos vincular um pouco dos anos anteriores, tudo alinhado com as tendências para o futuro”, diz Agni.

Entre os destaques deste ano, Agni aponta as mesas “Linguagem fotográfica e leitura da imagem”, com o fotógrafo e cineasta Alyson Montrezol, sobre a questão da banalização da fotografia na internet; “Mídias sociais, músicos sociáveis”, com Felipe Machado e Steve ePonto, que falará da distribuição de músicas através das redes sociais; e “Design de interação e inovação: eles estão mais próximos do que você imagina”, com o designer Érico Fernandes Fileno, que abordará a importância do design interativo em um mercado competitivo.