GoPro deve voltar ao setor de câmera para drones para concorrer com a DJI

Por Wagner Wakka | 13 de Maio de 2019 às 15h41
Tudo sobre

GoPro

Saiba tudo sobre GoPro

Ver mais

A GoPro está otimista enquanto aguarda os próximos resultados financeiros. Um dos motivos disso é que a companhia resolveu voltar atrás na decisão de janeiro do ano passado, de abandonar a sua linha de câmeras voltada para drones. Na última quinta-feira (10), a companhia apresentou seus resultados financeiros com números considerados bons, apesar de prejuízos. No total, a receita foi de US$ 242,70 milhões, com perdas em US$ 24,70 milhões.

O otimismo vem do fato de que a companhia vive oscilação nos últimos anos. Durante todo o ano de 2016, a empresa não teve lucro, sendo que apenas um semestre dos anos de 2017 e 2018 foram fechados no azul. Em comparação com o mesmo período do ano passado, houve melhorias, já que a empresa fechou primeiro trimestre fiscal de 2018 com com prejuízo de US$ 76 milhões (pior resultado daquele ano).

Assim, a GoPro anunciou em previsões que deve voltar a investir no mercado aéreo, no qual ela já foi forte. A empresa se posiciona como uma das principais no ramo de câmeras pequenas para filmagens em drones, mas resolveu abandonar o ramo no começo do ano passado. Segundo o CEO da empresa, Nick Woodman, à época, o setor não dava muito retorno.

A mudança também chega logo após os rumores de que a DJI, principal fabricante de drones da atualidade, estaria criando a sua própria câmera para entrar neste nicho. Chamado de Osmo Action, o aparelho tem um desenho muito semelhante ao da GoPro HERO 7.

Suposto Osmo Action da DJI (Foto: Droid Viewer News)

Rumores apontam que a câmera da DJI chegará com duas telas de LCD, uma frontal para selfie e outra traseira para gravações. Pelas imagens da caixa, supostamente vazadas, é possível imaginar que o aparelho será resistente a água sem precisar de um case externo para isso, como acontece com as GoPros.

Apesar de todos os rumores, a DJI ainda não anunciou oficialmente o produto.

Topo de vendas

A GoPro também contou neste trimestre com bons números de vendas da sua principal câmera, a HERO 7 Black. O produto premium foi responsável por 85% das 842 mil peças vendidas no total pela GoPro, correspondendo a 90% da receita da companhia.

Apesar da concorrência, a GoPro ainda não anunciou um novo produto voltado para o mercado de gravações aéreas.

Fonte: GoPro, Drone Viewers News

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.