Em seu site oficial, Nikon anuncia fim das atividades no Brasil

Por Rafael Arbulu | 17 de Setembro de 2018 às 11h57
Nikon

[Atualizado às 13h00 de 17/09/2018 para refletir posicionamento da Nikon]

A Nikon, conhecida marca para entusiastas do mercado fotográfico, anunciou a descontinuidade de seu braço de câmeras semi e profissionais no Brasil. A empresa de origem japonesa não comunicou o motivo de forma expressa, mas a equipe do Canaltech procurou a assessoria de imprensa que atendia a empresa no país e foi direcionado ao SAC “para maiores informações”. Um e-mail de contato de comunicação listado no próprio anúncio rendeu a seguinte resposta: "O encerramento das atividades da Nikon no Brasil faz parte de uma reestruturação global. Este processo global busca solidificar as bases mundiais da Nikon a longo prazo".

No SAC, por sua vez, o atendimento eletrônico nos disse que o “canal está indisponível”, fazendo um novo redirecionamento, desta vez para o chat oficial no site da empresa e um e-mail de atendimento. No Google, a pesquisa pela Nikon do Brasil aponta para a sede da empresa na Avenida Presidente Juscelino Kubitschek, na zona sul de São Paulo (capital), mas a listagem descreve o local como “permanentemente fechado”.

Em comunicado oficial no seu site, Nikon anuncia o fim de suas atividades de fotografia no Brasil (Captura de Imagen: Rafael Arbulu/Canaltech)
No Google, sede da Nikon em São Paulo é listada como "permanentemente fechado" (Captura de Imagem: Rafael Arbulu/Canaltech)

O anúncio direciona clientes do ramo fotográfico da Nikon que ainda tivessem produtos dentro das garantias para o preenchimento de um formulário online: “Para produtos fotográficos com garantias válidas, é importante enfatizar que os reparos continuarão sendo honrados pelo Grupo Nikon. A assistência técnica e as solicitações de reparo de produtos em garantia deverão ser realizadas pelo site da Nikon do Brasil por meio de formulário online. Equipamentos fotográficos e acessórios que estejam fora de garantia terão os serviços de assistência técnica assumidos diretamente pela marca nos Estados Unidos”, diz a nota.

Os produtos Nikon estavam com as suas vendas suspensas no Brasil desde novembro de 2017, conforme o Canaltech noticiou à época. Na ocasião, a empresa justificou a medida como “uma reestruturação global de negócios”, sem dar detalhes adicionais. O comunicado desta segunda-feira (17) efetivamente encerra as atividades do setor fotográfico da empresa, porém ressalta que outras linhas, como o braço de microscopia, continuarão a ser oferecidas normalmente no país.

Fonte: Nikon (site oficial)

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.