O fator crítico da segurança no Business Intelligence

Por Diego Elias | 27 de Maio de 2014 às 13h30

A segurança é, sem dúvidas, um dos assuntos mais subestimados em muitos dos projetos vistos por aí. E isso é preocupante, pois hoje a segurança é um dos pilares fundamentais para a perpetuação de qualquer iniciativa.

No Business Intelligence (BI) não é diferente e há um agravante: estamos lidando com informações sensíveis e estratégicas à organização. Quão desastroso seria se essas informações caíssem em mãos erradas?

Muitas empresas focam no desenvolvimento e na ansiedade em terem logo a solução e acabam “esquecendo” do fator crítico para o sucesso do projeto: a segurança das informações. Essa questão, por vezes vista como desnecessária, pode gerar uma enorme dor de cabeça futura aos gestores. Por isso, no planejamento, esse quesito sempre deverá ser considerado, tanto no escopo, no tempo, quanto no custo do projeto.

É de suma importância que o profissional de BI enfatize a necessidade de segurança das informações na solução de BI, mostrando-as como um ativo que requer proteção como qualquer outro patrimônio da organização. Claro que isso envolve a contrapartida do gestor, que inevitavelmente deve ter a visão de que o BI possui importância estratégica no direcionamento das decisões empresariais.

A segurança varia para o tipo de abrangência que a solução terá e os meios utilizados para a transmissão dos dados. Pode ser acessado internamente na organização, como também externamente.

A segurança perpassa pela infraestrutura utilizada, criptografia dos dados, autenticação e perfil de acesso às informações. As permissões são definidas por vários fatores: sensibilidade da informação, nível gerencial do usuário, setores, confiança, legislação, normas e etc. Cabe a cada organização defini-la da melhor maneira, de forma responsável e aderentes às leis em vigor.

A propagação pela Internet, por exemplo, necessita de recursos de proteção da informação trafegada, como VPN (Virtual Private Network), criptografia e um serviço robusto para autenticação dos usuários. Dessa forma, será dificultada a interceptação da informação por pessoas não autorizadas, que poderiam utilizá-la para prejudicar diretamente os interesses da empresa.

É importante dizer que nenhum sistema é 100% seguro. O intuito é minimizar ao máximo os riscos associados à insegurança e garantir o melhor uso possível da solução de BI para a otimização dos resultados empresariais através de uma assertiva tomada de decisão.

Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.