Uber registra IPO com papéis em valores abaixo do esperado

Por Wagner Wakka | 26 de Abril de 2019 às 13h30
Tudo sobre

Uber

Saiba tudo sobre Uber

Ver mais

A Uber registrou seu pedido de abertura de capital por meio de uma oferta pública inicial (IPO, na sigla em inglês), apresentando seus planos em Wall Street. A companhia colocou para uma fatia entre US$ 44 e US$ 50 o preço das ações que serão vendidas na Bolsa de Valores. No total, serão 180 milhões de papéis em oferta, somando US$ 9 bilhões em potenciais investimentos.

O documento também mostra que a empresa pode colocar um lote adicional com mais de 27 milhões novas ações à venda. Isso levantaria a IPO da empresa em potenciais totais de US$ 10,35 bilhões.

A expectativa de analistas é de que a Uber passe a ser avaliada na casa dos US$ 84 bilhões. Apesar de o número ser bastante alto, ainda é muito abaixo das expectativas iniciais. Por exemplo, analistas da Reuters acreditavam em um valor de marca de até US$ 120 bilhões, muito acima da situação atual.

Um dos motivos dessa mudança, segundo analistas da Bloomberg, foi a abertura recente de capital da Lyft, principal concorrente da Uber no país. Desde a abertura de capital, os papéis da Lyft seguem em decadência, o que pode ter criado receio nos investidores da Uber.

Outra novidade do documento é a confirmação da entrada da PayPal como acionista. O serviço vai investir US$ 500 milhões para a compra de ações da Uber, já no preço estabelecido pela IPO. A Bloomberg já havia adiantado essa informação, sem que a Uber nem PayPal confirmassem o acordo.

O registro chamado de S1 na Securities ands Exchange Comission (SEC), órgão que regula transações nos Estados Unidos, aconteceu um dia após a empresa abrir seus números financeiros do primeiro trimestre de 2019.

A companhia fechou o período com receita de US$ 3 bilhões, mas ficou com um prejuízo de US$ 1 bilhão. A expectativa é de que a IPO seja finalizado no início de maio, já com começo das negociações.

Fonte: Bloomberg, SEC, Reuters

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.