Elon Musk diz que “considera” fechar capital da Tesla e ações disparam

Por Wagner Wakka | 07 de Agosto de 2018 às 17h05
Tudo sobre

Tesla

Saiba tudo sobre Tesla

Ver mais

Um tweet de Elon Musk fez com que as ações da Tesla parassem de ser negociadas na tarde desta terça-feira (7). A questão é que o CEO da empresa disse considerar fechar o capital da companhia e colocar a US$ 420 cada ação, o que representaria um crescimento de 22% em relação ao valor atual.

Tal possibilidade gerou uma corrida por ações e fez com que os papéis da Tesla subissem na casa dos 6%. Antes do comunicado, as ações eram negociadas em torno de US$ 340 e US$ 345, sendo que o tweet elevou o número para casa dos US$ 370 – quase US$ 30 a mais.

Junto disso, houve a notícia de que um fundo soberano da Arábia Saudita havia comprado uma participação na Tesla de US$ 3 bilhões, o equivalente a quase 5% da empresa. Embora tenha recebido o montante, nem mesmo a Tesla ou Musk tiveram acesso a quem fez essa compra, pois se trata de um fundo e não uma pessoa física ou empresa.

Participe do nosso Grupo de Cupons e Descontos no Whatsapp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Após o anúncio, Musk foi questionado se sairia do comando ou se trataria de uma venda definitiva da Tesla. “Não tenho controle dos votos agora e não espero que nenhum acionista venha a ter se nós fecharmos. Eu também não venderia [a Tesla] em nenhum dos cenários”, rebate Musk.

Com esta instabilidade, as negociações de ações da Tesla foram encerradas no dia.

Musk e a Tesla

A liderança de Musk é um ponto controverso para parte dos investidores da empresa. Em entrevista para o Financial Times, um ex-acionista da empresa Harvey Pitt informou que este anúncio não tem precedentes e levanta questionamentos sobre as reais intenções de Musk. Contudo, vale ressaltar que, legalmente falando, Musk não pode fazer este tipo de anúncio apenas para erguer as ações da empresa.

Atualmente, a Tesla passa por um momento de instabilidade com fechamento de trimestre no vermelho. Foram USS 742,7 milhões em prejuízo no segundo trimestre de 2018, acima dos US$ 401,4 milhões registrados no começo do ano.

Fonte: Quartz, Finantial Times

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.