Ações do Snapchat continuam subindo após um desastroso mês de maio

Por André Fogaça | 14 de Junho de 2018 às 20h05
Tudo sobre

Snapchat

Depois de subir 45% em um só dia de fevereiro, após o anúncio do primeiro lucro desde 2017, o Snapchat não deixou os acionistas tão animados. Passou por um mês de maio desastroso, mas, hoje (14), pelo décimo dia seguido, as ações não param de subir.

A subida repentina começou no final de maio, quando as ações saltaram de US$ 10,55 para US$ 12,93 em apenas uma semana. Desde então as ações sobem pelo décimo dia seguido em um histórico recente de 11 dias. A subida começou quando o fundador da Citron Research, Andrew Left, comentou que os acionistas que apostam no Snapchat conseguiriam lucro 30% superior ao que passou no mês anterior (maio). Deu certo e o analista estava correto.

As ações subiram 33% desde o pronunciamento, com promessa de alta ainda maior no horizonte de médio prazo. Este mar de otimismo acontece depois dos resultados nada promissores do primeiro trimestre fiscal do ano, que derrubou as ações em 25% em pouco tempo.

Participe do nosso GRUPO CANALTECH DE DESCONTOS do Whatsapp e do Facebook e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

No momento da produção deste artigo, as ações do Snapchat valem US$ 13,87, um alívio perto do mês passado, mas ainda longe do estouro que foi o momento de abertura das ações públicas, no ano passado, quando o valor de cada ação da empresa era de US$ 27,09.

Traduzindo para um idioma mais simples, esta alta nas ações mostra que aparentemente o Snapchat não vai tão mal como parece. Principalmente depois de registrar, segundo pesquisa do Pew Research Center, aumento no número de usuários, enquanto o Facebook perdeu posições na preferência do jovem americano.

E com mais dinheiro entrando para os acionistas, mais recursos e produtos novos podem aparecer.

Fonte: Markets Insider

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.