Vídeo de sacrifício humano no CERN gera polêmica e investigações

Por Redação | 19 de Agosto de 2016 às 06h51

Um vídeo gravado no CERN, Organização Europeia para Pesquisa Nuclear, está gerando polêmica na internet. As imagens mostram figuras encapuzadas aparentemente envolvidas em um ritual encenado sob uma enorme estátua de uma divindade hindu, onde uma mulher é esfaqueada.

O fato é que a filmagem parece ter sido gravada como parte de uma brincadeira feita por cientistas do laboratório de física, que serve como lar do Grande Colisor de Hádrons. A identidade e os motivos das pessoas por trás do vídeo ainda não foram descobertos.

De acordo com um porta-voz do CERN, as gravações realmente foram feitas no ambiente do órgão europeu, mas sem a permissão ou conhecimento das autoridades. O porta-voz disse ainda que o CERN não "tolera este tipo de situação", porque pode "dar origem a mal-entendidos sobre a natureza científica do trabalho desenvolvido".

Interessante notar que o mistério por trás das pesquisas realizadas pela organização europeia vem dando margem a uma série de especulações para teóricos da conspiração. Muitas pessoas sugerem que o Grande Colisor poderia estar relacionado a um buraco negro na Terra, ou a algo que permite que as pessoas acessem novas formas de poder capazes de prejudicar o planeta. Outros ainda dizem que o trabalho desenvolvido no local tem capacidade para abrir um portal para outra dimensão.

Independentemente de todas essas perspectivas, o órgão garantiu que o vídeo não passa de uma filmagem ficcional e que investigará os responsáveis. "Este vídeo é uma obra de ficção. O CERN fica cheio de visitantes ao longo do verão, com pessoas de todo o mundo que vêm para o CERN como parte de seu trabalho, sendo que alguns, ocasionalmente, deixam seu senso de humor ir longe demais, e isso foi o que aconteceu nesta ocasião. O CERN não tolera esse tipo de brincadeira."

Ficou curioso? Confira as filmagens.

Fonte: Independent

Instagram do Canaltech

Acompanhe nossos bastidores e fique por dentro das novidades que estão por vir no CT.