Mais de 400 mil pessoas querem invadir a Área 51 nos Estados Unidos

Por Patrícia Gnipper | 12 de Julho de 2019 às 15h27

"They Can't Stop All of Us" ("Eles não podem parar todos nós") é o nome de um evento criado no Facebook para reunir pessoas interessadas em, literalmente, invadir a Área 51 — instalação da Força Aérea dos Estados Unidos cujo objetivo é publicamente desconhecido, com esse intenso sigilo histórico alimentando teorias conspiratórias de que, ali, o governo esconderia discos voadores e até mesmo alienígenas que foram encontrados na Terra.

O evento, na verdade, foi criado por uma página de "shitposting", daquelas dedicadas à "zoeira" que alimenta os motores da internet, e ao conferir as publicações dos participantes vemos que tudo não passa de uma brincadeira. Mas, ainda assim, vemos algumas pessoas que parecem estar levando a coisa a sério — então será que vão tentar mesmo invadir o local? Até o momento da redação desta notícia, o evento já tinha mais de 400 mil pessoas confirmadas e outras mais de 400 mil interessadas em participar.

Foto aérea da Área 51

A ideia dos criadores do evento é desafiar as regras militares de que, se uma pessoa tentar invadir uma instalação sigilosa como a Área 51, ela é morta por ameaçar a segurança nacional. Mas e se centenas de milhares de pessoas fizerem a invasão ao mesmo tempo? O governo mataria a todos? Com tudo provavelmente sendo filmado e transmitido ao vivo pela internet para todo o mundo?

Na estradinha que leva à Área 51 há um aviso dizendo que o local se trata de uma instalação militar

Quanto ao que os participantes do evento esperam encontrar lá, as opiniões são divididas. Alguns acreditam que ali há armas e tecnologias que ninguém jamais imaginou existirem; outros creem que encontrariam provas de que os alienígenas interferiram em acontecimentos históricos do país; e também há quem pense que a Área 51 reúne provas de todas as "farsas" da NASA.

Mas ainda que algumas pessoas, entre as centenas de milhares confirmadas no evento, pareçam estar levando a sério a ideia da invasão coletiva, Jackson Barnes, criador do grupo, já deixou claro ali que tudo não passa mesmo de uma piada — resta agora esperar até o dia 20 de setembro, data marcada para a invasão da Área 51, para ver se alguma parcela dos envolvidos terá mesmo a "cara de pau" para ir ao local e relatar tudo o que acontecer.

As lendas em torno da Área 51 são tantas que a região recebe muitos turistas interessados em ufologia
Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.