Agora você pode ver online mais de 100 mil obras de arte de museus franceses

Por Claudio Yuge | 31 de Janeiro de 2020 às 16h00
Paris Musées

O Paris Musées uma entidade pública francesa que supervisiona os 14 museus municipais de Paris, incluindo o Museu de Arte Moderna da Cidade de Paris, Petit Palais e as Catacumbas, recebe diariamente um grande volume de consultas de pesquisadores, estudantes e educadores que desejam visualizar ou utilizar imagens de obras dessas. Agora, todo mundo recebe uma boa notícia: a partir desta semana, será possível ver mais de 100 mil reproduções digitais de obras de arte via exposições virtuais.

Os visitantes podem contemplar obras-primas de artistas renomados, a exemplo de Rembrandt, Gustave Courbet, Eugène Delacroix e Anthony van Dyck, entre muitos outros. Um dos exemplos desse novo tesouro digital é o retrato do negociante de arte francês Ambroise Vollard em um retrato pintado por Paul Cézanne, em 1899.

Victor Hugo, “La Tourgue en 1835” (1876), caneta e tinta sobre papel, da coleção da Maison de Victor Hugo
- Casa de Hauteville (Imagem: Reprodução/CC0 Paris Musées/Maisons de Victor Hugo)

Algo que pode ajudar bastante estudantes e professores, além das instituições de ensino como um todo, é o fato de cada peça estar devidamente documentada, com todas as informações sobre os autores, data, nome oficial, materiais e técnicas utilizadas, dimensões, em que lugar está situada, entre outros dados muito importantes para pesquisa.

Com relação à propriedade intelectual, todas as pinturas ou fotografias pertencem à esfera pública sob uma licença CC0 (Creative Commons Zero), que permite que criadores e proprietários a coloque mais próxima do domínio público.

Como faço para usar?

Quem quiser pode acessar, compartilhar e até baixar arquivos das imagens em alta definição (300 DPI) — mas é claro que você precisa ficar de olho nas recomendações de cada quadro, que possuem guias individuais de práticas recomendadas para usar e citar as fontes. Para utilizar é muito simples, você pode criar um perfil ou apenas visitar o site neste link.

Imagem: Reprodução/Paris Musées

“A disponibilização desses dados garante que nossos arquivos digitais possam ser acessados e reutilizados livremente por qualquer pessoa, sem quaisquer restrições técnicas, legais ou financeiras, sejam para uso comercial ou não”, celebra o comunicado à imprensa da direção do Paris Musées.

Fonte: Hyperallergic  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.