Uber | Usuários com nota abaixo de 4 podem ser banidos do serviço

Por Felipe Demartini | 05 de Setembro de 2018 às 10h40
Tudo sobre

Uber

Saiba tudo sobre Uber

Ver mais

A Uber está estudando a aplicação das mesmas penas sofridas pelos motoristas aos usuários que tiverem nota abaixo de quatro estrelas. A mudança de postura deve começar a ser aplicada nesta semana em países como Austrália e Nova Zelândia, impedindo que passageiros mal qualificados utilizem o serviço.

Hoje, utilizadores com notas baixas têm mais dificuldade em obter corridas, o que aumenta o tempo de espera, e são pareados a motoristas, também, com avaliações menores. Segundo Susan Anderson, diretora geral da Uber para a região da Oceania, a ideia é garantir um panorama de “respeito mútuo” na plataforma, agora que ela já funciona há anos e está consolidada em boa parte dos países do mundo.

Ela cita um simples “bom dia” ou “até logo” como métodos para garantir boas notas desde o início, mesmo que o passageiro não esteja a fim de conversar e passe a viagem toda em silêncio. Ao mesmo tempo, comportamentos como comer e beber no veículo ou bater a porta ao entrar ou sair são os mais citados pelos motoristas como motivadores de notas mais baixas.

Outras atitudes também aparecem como bastante populares na lista de negatividade da Uber. Passageiros que fazem o motorista esperar demais, por exemplo, também são um incômodo, assim como aqueles que não solicitam a corrida para o ponto em que estão ou deixam de indicar corretamente o local de encontro. Ainda, tentativas de colocar mais do que quatro pessoas no interior de um veículo ou não usar o cinto de segurança, principalmente no banco de trás, também são bastante citadas.

Da mesma forma que avaliam os motoristas, passageiros também recebem uma nota de uma a cinco estrelas dos condutores. No novo sistema, segundo a Uber, os usuários passarão a receber alertas quando sua nota estiver baixa e próxima da linha de corte, recebendo orientações do que fazer para melhorar sua reputação no serviço. Caso a avaliação continue em queda, entretanto, eles serão proibidos de usar a plataforma.

A Uber não deu uma data de expansão da ideia para o Brasil. Para verificar sua nota no aplicativo, ao abri-lo, basta clicar no menu sanduíche, na lateral superior esquerda da tela. A graduação aparece logo no início, ao lado da foto e sob o nome do usuário.

Fonte: The Wall Street Journal

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.