Uber levará 13 atrações à Parada do Orgulho LGBTQIA+ em alusão às bandeiras

Por Wagner Wakka | 19 de Junho de 2019 às 10h15
Tudo sobre

Uber

Saiba tudo sobre Uber

Ver mais

A Uber vai participar da Parada do Orgulho LGBTQIA+ com 13 atrações. Segundo comunicado da empresa à imprensa, o número é referente às 12 bandeiras levantadas no evento e a união de todas elas.

A proposta é levantar a grupos e causas que formam o conjunto ser celebrado no dia. As bandeiras que serão expostas na frente do shopping Center 3, na Avenida Paulista, são Gay, Trans, Lésbica, Queer, Agênero, Gênero Flúido, Não Binário, Intersex, Assexual, Bissexual, Panssexual, Polissexual.

“Promoções, intervenções e campanhas vão destacar as bandeiras como forma de educar o público sobre toda a diversidade do movimento LGBTQIA+ e fazer com que as pessoas atentem para as diferenças entre eles”, informa a companhia.

Participe do nosso Grupo de Cupons e Descontos no Whatsapp e garanta sempre o menor preço em suas compras de produtos de tecnologia.

Cada uma destas bandeiras será representada também por um cantor que subirá no trio elétrico do evento. Mateus Carrillho é quem represta os gays; a causa trans estará presente por meio de Candy Mel; as lésbicas serão representadas por Bia Ferreira; o grupo de queer por Lia Clark; as pessoas agênero por Triz; gênero flúido por Dudu Bertholini, que será o mestre de cerimônias; não-binário terá como representante Jaloo; interssexual por Dionne Freitas; assexual por Cup; bissexual Karol Conká; panssexual Dríade Aguiar; e polisexual Mulher Pepita.

"Na Uber, celebramos a diversidade, o respeito e apoiamos essas causas como parte da nossa cultura. É parte da história que estamos construindo. E este ano queremos dar mais visibilidade aos grupos identitários que formam esse grupo de pessoas que nomeamos de LGBTQIA+. Há 12 bandeiras representadas nessa Parada e queremos ajudar as pessoas a reconhecê-las e identificar suas diferenças, suas demandas, suas lutas e desafios", explica Ana Pellegrini, líder de diversidade da Uber no Brasil.

Orgulho

A empresa também apresenta o grupo UberPride, reunião voluntária de funcionários que defende a diversidade dentro da plataforma no Brasil. Nos trajetos da parada, as ruas terão cores do arco-íris em alusão ao evento.

Caminho aparece em cores do arco-íris por conta do evento (Foto: Divulgação/Uber)

Outra novidade é o desenvolvimento de plataforma de assistência a pessoas LGBTQIA+ em situação de vulnerabilidade no app. “A Uber foi uma das primeiras empresas a permitir, no Brasil, a inscrição de transsexuais com o nome social sem processos jurídicos ou burocracia. Agora, mais que isso, a empresa vai trabalhar junto com instituições e ONGs para garantir o ingresso mais tranquilo de pessoas LGBTQIA+, seja como motoristas parceiros ou entregadores”, aponta comunicado.

Durante o evento, a empresa vai disponibilizar painéis nas estações de metrô com códigos promocionais, dando até 15% de desconto nas corridas para a Parada. A ideia contudo, não é que o usuário vá com o app para o evento, mas que possa seguir para uma estação de metrô mais próxima por conta do trânsito intenso na região.

“O respeito e o apoio à diversidade estão no DNA da Uber, que nasceu em São Francisco – berço mundial dos movimentos afirmativos. Recrutamento e retenção de pessoas LGBTQ+ é uma prioridade que vem dando certo globalmente: de acordo com uma pesquisa feita com funcionários no mundo todo, em 2017, 15% dos empregados espontaneamente se declararam LGBTQ+. A Uber também foi eleita pela Human Rights Campaign Foundation como uma das 100 melhores empresas para trabalhar para pessoas da comunidade LGBTQ+”, traz comunicado da empresa.

A Parada do Orgulho LGBTQIA+ acontece no próximo dia 23 na Avenida Paulista, em São Paulo.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.