Uber inclui categoria de táxis em seu aplicativo no Brasil

Por Rui Maciel | 30 de Julho de 2020 às 11h00
Tudo sobre

Uber

Saiba tudo sobre Uber

Ver mais

"Se não pode vencê-los, junte-se a eles". É com esta frase que começamos com uma notícia, no mínimo irônica. Isso porque a Uber anunciou na manhã desta quinta-feira (30) que o seu aplicativo ganhará uma nova modalidade: a de táxis. Sim, isso mesmo! Depois de tantas brigas e protestos, o app passa a oferecer corridas desta categoria para todos os os seus usuários, inclusive para o Uber Empresas.

Com a chegada da nova modalidade, taxistas credenciados na Prefeitura podem baixar o app da Uber para parceiros e iniciar o cadastro na plataforma a partir da próxima semana. A expectativa é de que a modalidade esteja disponível para o usuário paulistano no próximo mês. São Paulo será a segunda cidade da América Latina a contar com Uber Taxi - a primeira foi Santiago do Chile, no mês passado. A categoria está no portfólio global da Uber há mais de cinco anos e hoje já está disponível em cidades de 22 países, como Atenas, Seul, Montreal, Sydney ou Madri. No último ano, o Uber Taxi foi lançado em 15 novas cidades, entre elas Tóquio e Praga.

Uber Taxi: nova modalidade começa a funcionar no Brasil em agosto  (Foto: divulgação)

"O Uber Taxi é um pedido recorrente dos nossos clientes corporativos, que gostariam de poder usar esse serviço contando com ferramentas como o compartilhamento de viagens em tempo real e outros recursos de segurança do aplicativo", diz Claudia Woods, diretora geral da Uber no Brasil. "Além disso, como táxis são autorizados nas faixas de ônibus, alguns clientes revelam buscar essa opção quando precisam acessar locais como a região da avenida Paulista, por exemplo."

Cadastro e preços do Uber Taxi

O cadastro de taxistas seguirá o mesmo processo ao dos outros parceiros da Uber: eles precisarão apresentar os documentos necessários (CNH com a observação de atividade remunerada, documento do carro, Alvará e Condutax) e passar por verificação de segurança, incluindo checagem de antecedentes.

O preço do Uber Taxi vai seguir a tabela de tarifas determinada pela legislação municipal. Ao final de cada viagem, o taxista precisa inserir no app o valor calculado pelo taxímetro para que seja feita a cobrança - por enquanto, serão aceitos somente meios de pagamento digitais. Como o preço é calculado pelo taxímetro, na categoria Uber Taxi o app vai mostrar um intervalo estimado de valores, que podem mudar de acordo com as condições da viagem. Antes de cada solicitação, será exibida uma mensagem com as regras para que o usuário possa verificar e concordar antes de seguir com o pedido.

Assim como os outros parceiros da Uber, os taxistas também vão pagar pelo uso da tecnologia e do suporte mantidos pela empresa, de acordo com os Termos da parceria.

COVID-19

As viagens de táxi também contarão com todos os recursos de segurança oferecidos pelo aplicativo nas outras modalidades. Antes de começar uma viagem, o usuário recebe todas as informações do veículo (modelo e placa do carro, nome e foto do motorista) e pode optar por receber um código de verificação que deve ser informado ao motorista, confirmando que ambos estão na viagem correta.

Todos os condutores também passam por uma checagem de identidade via selfie, e, desde o começo da COVID-19, uma checagem adicional que verifica o uso de máscara. Taxistas e passageiros passarão ainda por uma checklist antes de cada viagem, onde se comprometem a tomar medidas de prevenção ao vírus, como manter as janelas abertas, usar apenas o banco traseiro e sempre usar a máscara.

Taxistas também poderão usar os centros de higienização da Uber contra a COVID-19 (Foto:divulgação)

Por fim, a exemplo do que também acontece com os demais parceiros, os taxistas que cumprirem os requisitos também poderão pedir reembolso pela compra de máscaras e álcool em gel, bem como agendar higienização do carro e adquirir uma divisória plástica para o interior do veículo no Centro de Higienização da Uber. Da mesma forma, os taxistas também terão acesso ao programa de assistência financeira implementado pela Uber em razão da Covid-19, em que os parceiros recebem o equivalente à média de ganhos que tiveram antes da solicitação.

Mesmos recursos de segurança

Durante o percurso, por meio do botão "Recursos de Segurança", que reúne todas as funções de segurança da plataforma, todos podem compartilhar a sua localização e o tempo de chegada ao destino em tempo real, com quem desejarem. A funcionalidade também oferece a opção de ligar para a polícia em situações de risco ou emergência diretamente do app. Além disso, como acontece nas demais categorias, todas as viagens são registradas por GPS. Caso aconteça uma parada longa e não prevista na rota, a Uber pode iniciar uma checagem e enviar uma mensagem perguntando se é necessário algum suporte.

Todas as viagens são cobertas por um seguro da Uber para acidentes pessoais e, ao final de cada trajeto, taxistas e passageiros podem avaliar um ao outro de forma anônima. Uma equipe monitora essas informações e pode excluir da plataforma aqueles que tiverem uma média de avaliações muito baixa ou adotem conduta que viole o Código de Conduta da Comunidade.

Reformulação do app

O app da Uber foi reformulado em 2019 para facilitar a busca pelos diversos novos serviços que a plataforma vem agregando periodicamente - e que também serve para tentar compensar a queda do número de corridas (e receita) causada pela quarentena da Covid-19. Em São Paulo, a Uber já conta com uma integração com o transporte público, que exibe informações sobre linhas de ônibus, metrô e trens. Recentemente foi lançada a categoria Uber Flash, para o envio de objetos e documentos, e teve início a parceria com a Cornershop para compras de supermercado.

Compras de mercado no Uber Eats: diversificação de serviços para combater a crise (Foto: divulgação)

O Uber Taxi irá maximizar o potencial da Uber para Empresas, a solução corporativa da startup, que neste ano ganhou soluções de delivery corporativo e de entrega de produtos disponíveis para empresas de qualquer tamanho. "Com a Uber para Empresas, o empreendedor ou gerente passa a poder consultar e prever gastos com transportes e alimentação a partir de uma única plataforma, eliminando, por exemplo, a prestação de contas tradicional", conta Woods.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.