Twitter trabalha em ferramenta própria de podcasts

Twitter trabalha em ferramenta própria de podcasts

Por Alveni Lisboa | Editado por Douglas Ciriaco | 02 de Março de 2022 às 18h11
Caio Carvalho/Canaltech

O Twitter pode começar a investir em recursos relacionados a podcasts na plataforma. A ferramenta poderia reforçar as adições de áudio inseridas pela rede social nos últimos meses, bem como promover integração com o Espaços e o serviço de assinatura Twitter Blue.

O desenvolvedor e leaker Alessandro Paluzzi publicou um print de tela no seu perfil em que mostra um ícone de microfone e a palavra "Podcasts" no menu de configurações do perfil de usuário. A novidade fica entre as opções do "Espaços" e das "Listas" e pode ter alguma ligação com outras funcionalidades da rede social.

Ainda não está claro exatamente como tudo vai funcionar, já que foi visualizado apenas o menu no código de uma versão de testes do Twitter. Mesmo assim, dá para ficar bastante esperançoso em ter alguma ferramenta do gênero, afinal o Espaços já permite a criação de salas de conversas por áudio — o que seria ideal para ser transformado em podcast.

Há também a possibilidade de essa ser uma nova forma de monetização no serviço, pois seria associada a um perfil do Twitter Blue, como pode ser visto na conta de Paluzzi. De qualquer forma, usar a rede de contatos da plataforma pode ser uma forma bastante proveitosa de expandir a audiência do seu trabalho de áudio.

Reforço do Twitter Spaces?

Por se tratar de algo ainda em desenvolvimento, não há detalhes concretos e tudo é mera especulação. A melhor saída é aguardar mais um pouco para ver se mais novidades surgem ou se o Twitter se manifesta oficialmente sobre o desembarque dos podcasts no serviço.

De 2020 para cá, o Twitter lançou o Espaços para permitir a criação de salas de bate-papo por áudio ao vivo. A ferramenta é considerada hoje a principal rival do Clubhouse e tem como diferencial a imensa base de usuários da rede social do passarinho. Em outubro do ano passado, passou a permitir a gravação das salas de áudio, embora com limitação. Em janeiro de 2022, a ferramenta liberou também o replay das conversas, ou seja, a possibilidade de escutar o papo sem ser ao vivo, em dispositivos Android.

Fonte: Alessandro Paluzzi  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.