Publicidade

Tiny11 | Versão "lite" não oficial do Windows 11 é lançada

Por| Editado por Douglas Ciriaco | 03 de Fevereiro de 2023 às 13h23

Link copiado!

Reprodução/Microsoft
Reprodução/Microsoft

Cansado de ter um sistema operacional abarrotado de ferramentas inúteis? Agora você pode optar por instalar o Tiny11, uma versão enxugada não oficial do Windows 11. Projetado pelo time conhecido como NTDEV, a plataforma é uma adaptação da versão 22H2 do SO, mas que ocupa muito menos espaço e pode ser instalada em computadores que não atendem os requisitos mínimos rigorosos da Microsoft.

O Tiny11 é uma versão do Windows 11 reduzida somente àquilo que é estritamente necessário. Rodá-lo ainda requer uma chave de autenticação oficial da Microsoft e ele é reconhecido como uma cópia legítima do sistema, mas a estrutura dele foi adulterada para poupar armazenamento e desempenho do computador.

Continua após a publicidade

A modificação requer 8 GB de armazenamento interno (menos do que os 20 GB exigidos pelo sistema original), funciona só com 2 GB de memória RAM e não exige nenhuma das funções de segurança (módulo TPM e Inicialização segura) para ser instalado no computador.

O básico e nada mais

O Tiny11 conta com ferramentas básicas de um sistema operacional, incluindo alguns utilitários nativos. O sistema tem ainda programas como Windows Terminal, Microsoft Store, Calculadora, Bloco de Notas e Paint — mas o Edge, por exemplo, ficou de fora.

Continua após a publicidade
O Canaltech está no WhatsApp!Entre no canal e acompanhe notícias e dicas de tecnologia

Visualmente falando, o Tiny11 é idêntico ao Windows 11 tradicional (inclusive com animações, temas e efeitos). O Menu Iniciar continua robusto e posicionado ao centro da Barra de Tarefas, a bandeja de widgets está presente, aplicativos podem ser baixados pela loja ou pela web normalmente e tudo mais. É a mesma experiência do Windows 11, mas reduzida ao mínimo possível para funcionar sem comprometer a experiência geral.

Algumas coisas podem não funcionar

Obviamente, por ser uma versão modificada do sistema operacional, alguns recursos podem não funcionar corretamente no Tiny11. Funcionalidades nativas do ecossistema da MS podem ter sido removidas para deixar o software mais leve, porém, por serem inerentes ao Windows 11, não dá para baixá-las normalmente.

Além disso, componentes não tão cruciais para o sistema operacional, mas importantes para outros programas, também podem ter sido removidos. Sendo assim, é possível que o sistema apresente problemas durante a execução de programas específicos.

Continua após a publicidade

Use com moderação

Apesar de parecer uma ideia interessante, o Tiny11 não é um produto oficial da Microsoft e precisa ser tratado como tal. O projeto é desenvolvido por terceiros e, salvo se você tiver um profundo conhecimento sobre a estrutura dele, é sempre arriscado adotá-lo em uma máquina pessoal, na qual há informações sensíveis.

Além disso, por ter sido fortemente enxugado, o sistema pode carecer de mecanismos importantes para assegurar a privacidade do usuário. Portanto, esteja ciente de que a modificação não conta com as proteções garantidas pela MS.