Rappi terá taxa zero para restaurantes durante 90 dias e entrega grátis

Por Rui Maciel | 16 de Março de 2021 às 08h20

O Rappi anunciou nesta segunda-feira (15) uma série de medidas que auxiliarão restaurantes parceiros durante a fase mais rígida de distanciamento social causado pelo agravamento da pandemia de Covid-19. O pacote de auxílio incluirá isenção de taxas por 90 dias para novos estabelecimentos, a antecipação dos pagamentos aos parceiros e a criação de um fundo de marketing voltado para estabelecimentos de pequeno e médio porte.

Confira logo abaixo como funcionarão as medidas:

Taxa zero – de acordo com o app, todos os novos estabelecimentos que se cadastrarem neste link, com contrato assinado até o final de abril, terão isenção de taxas nos três meses de funcionamento;

Antecipação de pagamentos – o Rappi anunciou também que antecipará os pagamentos a todos os restaurantes parceiros em até sete dias após a venda. Ainda segundo a empresa, esse benefício continuará valendo até o final de junho deste ano;

Fundo de marketing - outra medida criada pelo app é a abertura de um fundo dedicado a a apoiar restaurantes parceiros de pequeno e médio porte com iniciativas de marketing digital. Entre as iniciativas para aumentar as vendas, estão o oferecimento cupons de desconto, que serão enviados diretamente aos parceiros.

Entregas grátis

Com o objetivo de incentivar o público brasileiro a ficar em casa nesta fase mais restritiva da quarentena - prevista para durar até o dia 30 de março - o Rappi também anuncia 30 dias de Rappi Prime, seu serviço premium por assinatura, que inclui vantagens como frete grátis, descontos e suporte prioritário. O benefício será estendido a todos os usuários do app que não são assinantes do clube de benefícios. Para utilizá-lo, basta que o consumidor aplique o cupom de desconto.

“Essas medidas que anunciamos se somam ao conjunto de ações que já temos implementado nos últimos meses em apoio ao setor e têm como principal objetivo contribuir e mitigar o impacto que as medidas de combate à pandemia têm trazido ao mercado”, Sérgio Saraiva, presidente do Rappi no Brasil. “Com o Rappi Prime de graça durante 30 dias para os usuários da plataforma que não são assinantes do serviço, as pessoas podem pedir, por exemplo, seus medicamentos de farmácia e realizar suas compras em supermercados com total comodidade e segurança e sem se arriscarem a sair às ruas”.

R$ 100 milhões

O Rappi afirma que, nos últimos 90 dias, já investiu um total de R$ 86 milhões na indústria de restaurantes no Brasil por meio de empréstimos. Agora, a empresa disponibilizará um adicional de R$ 100 milhões durante 2021 para no auxílio aos estabelecimentos parceiros.

De acordo com o Saraiva, as medidas adotadas têm impacto direto no modelo de negócios do app e obriga a empresa reorganizar a operação em várias frentes. "Mas estamos dispostos a assumir esse impacto porque acreditamos que em tempos difíceis como os que vivemos devemos tomar medidas extraordinárias e temporárias que ajudem nossos restaurantes parceiros a contornar este momento", afirmou.

O executivo espera ainda que os esforços em questão contribuam positivamente tanto para o mercado de restaurantes, quanto para os consumidores, e gerem um impacto positivo para todo o ecossistema quando os estabelecimentos puderem reabrir suas portas.

“No Rappi, testemunhamos e participamos de como a indústria de restaurantes se uniu para salvar o setor e, assim, proteger e manter milhares de empregos. Por isso, não podemos ser meros espectadores. Acreditamos que o compromisso com o segmento deve ser permanente, mas acima de tudo sustentável e constante”, diz Saraiva. “Portanto, além das medidas que realizamos em benefício do mercado durante a pandemia, decidimos redobrar nossos esforços para apoiar ainda mais todos os nossos estabelecimentos aliados nos estados brasileiros com medidas mais rígidas de restrições contra a Covid-19.”

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.