Passageiros da 99 poderão denunciar motoristas com fotos diferentes no app

Por Rafael Arbulu | 25 de Setembro de 2018 às 12h35

A 99 anunciou nesta semana uma nova ferramenta para o seu aplicativo de transportes: usuários que pedirem por carros de qualquer uma das categorias — particular, táxi comum ou táxi preto — poderão denunciar o motorista caso ele não seja a mesma pessoa mostrada no perfil do app. A pegadinha é: a denúncia só vem depois da viagem.

Em comunicado, a empresa afirma que o recurso vem em duas fases: antes da viagem, um alerta vai lembrar o usuário de conferir se os dados apresentados no app batem com o carro que chegou — em outras palavras, se o modelo, placa e cor do veículo são os mesmos mostrados na tela do seu smartphone, bem como o motorista. Nesta parte, havendo qualquer divergência, o passageiro pode cancelar a corrida e comunicar a discrepância pelo SAC da empresa (0800-888-8999). Após a viagem, se por alguma razão ela ainda ocorrer, o prompt de avaliação da corrida também terá a opção de marcar motoristas diferentes dos mostrados na foto.

A medida é parte da estratégia da empresa de tentar deixar a sua plataforma mais segura. Além da “denúncia” por parte dos usuários, a 99 também passará a exigir que motoristas que queiram trabalhar com o app tirem três fotos de identificação: uma do licenciamento do carro, outra da habilitação e uma terceira seria a selfie segurando a carteira de habilitação. Isso, além da análise prévia de perfil que já estava prevista desde o lançamento do app.

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.