Google Meet libera gravação de reuniões gratuita para professores

Google Meet libera gravação de reuniões gratuita para professores

Por Igor Almenara | Editado por Claudio Yuge | 10 de Março de 2021 às 22h40
Google

O Google Meet encarou um crescimento meteórico no início da pandemia e um tomou importância ainda maior para o cotidiano escolar. Contudo, a gravação das reuniões, mesmo que seja um recurso importante para a criação de conteúdo para consumo assíncrono, estava presa atrás das assinaturas de contas empresariais. Essa limitação vai acabar, considerando que contas escolares receberão a ferramenta gratuitamente.

Usuários com contas Education Fundamentals e Education Plus receberão o recurso para gravação das videochamadas. Em cada reunião, o host poderá selecionar a captura da chamada através de um botão disposto no menu de três pontos do canto inferior direito.

Depois de aceitar as condições em uma pequena janela de aviso, a chamada será automaticamente salva no armazenamento em nuvem do autor. A gravação é disposta no Google Agenda e um e-mail com link para compartilhamento é enviado para a caixa de entrada do anfitrião.

Quer ficar por dentro das melhores notícias de tecnologia do dia? Acesse e se inscreva no nosso novo canal no youtube, o Canaltech News. Todos os dias um resumo das principais notícias do mundo tech para você!

Imagem: Divulgação/Google

Ao habilitá-la, a gravação captura as imagens compartilhadas dos participantes da reunião, não janelas ou outras aplicações — se não estiverem sendo demonstradas ao vivo. O chat também se torna parte do registro, já que são guardados juntos ao tempo de cada mensagem.

Esse recurso se torna especialmente útil para computadores menos poderosos ou professores que não dispõem de tanta experiência com a máquina para iniciar uma devida gravação de qualidade em softwares de terceiros. Em poucos cliques dá para começar e finalizar o registro e, da mesma forma, compartilhar as reuniões dispostas no Drive com a classe para consultas posteriores.

O arquivo de vídeo pode ser baixado para futuras consultas ou divulgação do conteúdo. Para isso, basta acessar o Drive e fazer o download da mídia, como qualquer outro elemento salvo na nuvem. O recurso está sendo disponibilizado gradativamente, como qualquer outra atualização liberada pelo servidor do Google. Donos das contas educacionais devem se manter atentos à chegada do recurso para aproveitá-lo assim que estiver disponível.

Fonte: Google (1, 2)

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.