Google Lens agora consegue identificar e extrair textos em fotos

Por Se Hyeon Oh | 22 de Agosto de 2019 às 22h10
Tudo sobre

Google

Saiba tudo sobre Google

Ver mais

O Google Lens é uma das ferramentas de reconhecimento de objetos mais eficientes da atualidade, permitindo ao usuário obter informações acerca dos produtos, eventos, pessoas e animais que estiverem em frente às lentes dos smartphones. Assim, a gigante das buscas está sempre melhorando a inteligência artificial dessa ferramenta e, na quarta (21), usuários do Twitter descobriram que a empresa adicionou recursos de identificação e extração de textos presentes em imagens antes mesmo de a novidade ser anunciada oficialmente.

A descoberta veio através de um compartilhamento de @hunterwalk, que viu ser possível extrair e copiar os textos presentes em imagens. Can Durunk, por outro lado, constatou que o Google Lens consegue identificar palavras e retornar outras imagens que continham essa mesma palavra em sua galeria do Google Fotos — não importando o ângulo, o tamanho ou a fonte dessa palavra.

Toda essa informação acabou sendo confirmada pela própria Google nesta quinta (22) através de um retweet para as postagens desses usuários. A empresa ainda aproveitou a ocasião e deu uma dica interessante de como aproveitar o recurso: copiar e colar senhas difíceis que estão presentes nas fotos. De fato, é notório como esse recurso será muito eficiente para as pessoas que costumam guardar informações e documentos através de fotos.

Google Fotos encontrando imagens que continham a palavra "Entreé" (Imagem: Se Hyeon Oh/Canaltech)
Google Lens conseguiu identificar todas as palavras presentes na imagem e está permitindo copiar e colar as partes selecionadas (Imagem: Se Hyeon Oh/Canaltech)
Resultado da transcrição do texto identificado pelo Google Lens (Imagem: Se Hyeon Oh/Canaltech)

Nos testes acima realizados pelo Canaltech, verificamos que o algoritmo do Google Lens conseguiu localizar até mesmo as letras que poderiam confundir algumas pessoas e obteve uma boa taxa de identificação, transcrevendo quase que perfeitamente os textos selecionados. Existiram pequenos erros no reconhecimento de algumas letras, mas é possível afirmar que o recurso funciona com grande precisão, visto que essas "letras erradas" seriam passíveis de serem mal interpretadas até mesmo por pessoas.

Fonte: 9to5google

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.