Google apresenta "smartphone de papel" para combater o vício em tecnologia

Por Natalie Rosa | 02 de Novembro de 2019 às 14h30
Reprodução: Special Projects
Tudo sobre

Google

Saiba tudo sobre Google

Ver mais

Uma das maiores empresas de tecnologia do mundo, o Google, está investindo para fazer com que as pessoas sejam menos dependentes dispositivos eletrônicos. Na última semana, a companhia anunciou um novo aplicativo que envolve a impressão de informações que, normalmente, poderiam ser acessadas por um smartphone.

O Paper Phone, que parece até uma piada de primeiro de abril, é mais real do que nunca. Emma Turpin, líder do Google Creative Lab, conta que a invenção foi criada para ser uma solução alternativa a carregar e conferir os smartphones a todo momento, oferecendo informações impressas em papel.

A iniciativa foi desenvolvida em parceria com o estúdio de design de produtos Special Projects, de Londres, e que reforça o objetivo principal de apresentar uma opção de desintoxicação virtual. "Muitas das pessoas com quem conversamos sobre isso ficaram horrorizadas com a ideia de deixar o seu smartphone para trás", contou Adrian Westaway, diretor de tecnologia do estúdio.

Imagem: Divulgação/Special Projects/Google

Westaway ainda comenta que o Paper Phone foi inspirado nos clássicos diários e agendas, que hoje são popularizados como "planner". Então, a iniciativa teve como desafio encontrar um balanço entre a praticidade do smartphone com um elemento de prazer, que seria a visualização em papel.

Imagem: Divulgação/Special Projects/Google

Com o aplicativo, o usuário poderá imprimir as tarefas que serão feitas no dia, o número das pessoas com quem precisará entrar em contato, jogos, QR Codes, entre outras possibilidades. As informações, então, são impressas de uma forma que torna possível uma dobradura prática, virando basicamente um pequeno caderno. O app ainda fornece instruções de como dobrá-la corretamente.

Assista em vídeo como deve funcionar o Paper Phone:

O aplicativo ainda está em testes, mas já pode ser baixado por todos os usuários Android. Testou? Conte-nos o que achou!

Fonte: Special Projects

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.