Google impõe seu sistema de navegação por gestos em Android de terceiros

Por Claudio Yuge | 08 de Outubro de 2019 às 07h15
cnet

Uma das grandes novidades do Android 10 é o novo sistema de navegação por gestos da Google, que promete ser muito mais preciso e fácil de usar. E, segundo o 9to5Google, a companhia aposta tanto nessa funcionalidade que quer padronizá-la em todos os robozinhos verdes mais recentes, inclusive as versões customizadas por terceiros. Para isso, ela até mesmo impõe novas regras para mantê-lo como principal acesso.

A última documentação do Google Mobile Services (GMS) traz mais detalhes sobre exigências agressivas da empresa. No evento para desenvolvedores I/O 2019, a empresa já havia adiantado que os fabricantes poderiam manter seus Android personalizados, mas que seriam obrigados a incluir o novo sistema de navegação por gestos junto com o tradicional esquema de três botões — como uma opção de acessibilidade.

Agora, a papelada indica que os dispositivos Android com o GMS do Android 10 terão que trazer os três botões ou a navegação por gestos por padrão. Isso chega a ser curioso, porque, na verdade, “mata” as pílulas de navegação do Android Pie.

Google quer que fabricantes “escondam” suas opções de acesso

Outra coisa que chamou a atenção nesse documento é que a Google não quer que os fabricantes mostrem suas opções de acessibilidade. Além de embutir o novo sistema de navegação por gestos, ela exige que as empresas mantenham suas alternativas em submenus e proíbe a distribuição de notificações para avisar que há outros métodos disponíveis.

Vale destacar que o OnePlus 7 já atende a esses requisitos — e agora dá para entender melhor o que a chinesa teve que atender para poder oferecer essa navegação.

Fonte: 9to5Google  

Gostou dessa matéria?

Inscreva seu email no Canaltech para receber atualizações diárias com as últimas notícias do mundo da tecnologia.